Laguna prepara desfile náutico em comemoração à Independência

Já a maior parte da programação da Semana da Pátria será realizada pelas escolas em suas sedes, conforme a realidade de cada unidade. Durante a semana também haverá hasteamento de bandeiras e canto de hinos cívicos.
Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

Para as comemorações do 199º ano da Independência do Brasil, o desfile cívico de Laguna deverá ser de uma forma diferenciada. A Secretaria de Educação e Esportes (Seduc) de Laguna anunciou que estuda a realização de um desfile náutico na Lagoa Santo Antônio dos Anjos. A ideia é uma tentativa de manter a tradição viva, já que o último ato do gênero ocorreu em 2018, envolvendo instituições cívico-militares.

Outro fator que pesa no planejamento é tentar evitar as aglomerações ao longo da passeata. Por envolver estudantes, é comum que os pais e familiares do aluno se agrupem para assistir ao evento, que costuma durar uma manhã inteira. Na última sexta-feira, 20, a cidade de Tubarão anunciou o cancelamento da passeata.

“Esse ano terá que ser em respeito às diretrizes sanitárias e evitando a aglomeração”, justifica a secretária Juliana Fagundes. O plano da prefeitura é iniciar o ato cívico-militar por volta das 9h, com embarcações não motorizadas saindo do cais. Já a maior parte da programação da Semana da Pátria será realizada pelas escolas em suas sedes, conforme a realidade de cada unidade. Durante a semana também haverá hasteamento de bandeiras e canto de hinos cívicos.

Inovação

A ideia de um desfile náutico é considerada uma inovação para Laguna. Há registros de iniciativas semelhante em Vitória, capital do Espírito Santo; Porto Alegre, Rio Grande do Sul; e Rio de Janeiro. Já um ato também do gênero ocorreu em Guayaquil, no Equador, que comemorou, por coincidência, os 199 anos do movimento independente ocorrido em 1820.