Escolas de Pescaria Brava e Laguna incentivam inclusão

Educação une criatividade para estimular empatia e respeito em estudantes para com as pessoas com deficiência.
Atividade em Pescaria Brava – Foto: Divulgação/Seduc

Durante a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, as escolas de Laguna e Pescaria Brava têm aproveitado para desenvolver atividades que marcam o incentivo às práticas inclusivas.

No município mais antigo da região, várias foram as ações desenvolvidas pelas unidades de ensino do município, desde palestras à imersão no mundo da pessoa deficiente, em atividades que simulam a perda da visão, por exemplo.

“As ações consistem em atividades escolares que promovam a inclusão, numa proposta em que todas as pessoas atuem juntas, sem distinção”, reforça a secretária de Educação de Laguna, Juliana Carvalho. “A semana da inclusão, tem o objetivo de despertar nos alunos a importância da integração e o respeito”.

Já na cidade mais jovem, o cenário não é diferente. As oito escolas municipais, que agrupam pouco mais de mil estudantes, promoveram ações diversificadas com foco em evocar a importância da inclusão no meio escolar. “A escola tem que ser um lugar onde as crianças têm a oportunidade de ser elas mesmas”, assinala a secretária Karine Goulart. No município, a programação é denominada de Semana da Inclusão, em virtude uma lei municipal criada em 2019.

Atividade em Laguna – Foto: Divulgação/Seduc