Vereadora de Tubarão propõe comissão intermunicipal envolvendo mulheres nos legislativos da Amurel

A iniciativa foi tornada pública nesta semana e já começou a ser apresentada para as demais vereadoras. Dos 18 municípios, 14 têm mulheres ocupando cargos no Legislativo, incluindo Laguna e Pescaria Brava.
Divulgação/CMT
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 2,248 visualizações,  4 views today

Uma proposta apresentada pela vereadora Rita de Cássia, a Ritinha (PSD), de Tubarão, pretende unir as vereadoras das cidades que compõem a região da Amurel para debaterem iniciativas conjuntas e fortalecer a presença e a participação feminina na política regional.

A iniciativa foi tornada pública nesta semana e já começou a ser apresentada para as demais vereadoras. Dos 18 municípios, 14 têm mulheres ocupando cargos no Legislativo.

“O objetivo é unir forças, ideias e lutar junto ao Poder Executivo pelas melhorias da nossa região e levar propostas para o Legislativo estadual. Um grupo formado tem muito mais força. Já temos um grupo de WhatsApp das vereadoras”, comenta a autora da proposta, ao Portal Agora Laguna. “Nesse primeiro momento, a aceitação foi muito positiva, diversas vereadoras demonstraram interesse e elas se colocaram à disposição para ajudar no que for necessário. Grande parte aceitou a formação do grupo e se tudo ocorrer bem, nas próximas semanas vamos nos reunir”, antecipa.

Se for levada adiante, a criação da comissão vai funcionar como um grupo de debate para analisar propostas e ideias que possam ser utilizados nos municípios e servir como órgão representativo para buscar na esfera política estadual apoio para as pautas regionais.

Laguna e Pescaria Brava têm duas vereadoras cada. A reportagem buscou o posicionamento das legisladoras. “É [uma proposta] no meu ver, de suma importância para as questões regionais de interesse das mulheres. Inclusive, as informações serão compartilhadas no intuito de propormos projetos de lei que irão beneficiar e resguardar os direitos das mulheres, sendo replicados em várias câmaras da região”, comenta a vereadora Deise Cardoso (MDB), de Laguna. “Acho interessante. Espero que seja bem produtiva. Irei participar”, avalia Nádia Tasso (DEM), também de Laguna.

A visão das representantes legislativas de Pescaria Brava não fica muito distante. “É interessante essa iniciativa da comissão com as vereadoras da região para podermos trocar ideias”, diz a edil Rosilene Faísca, a Leia (MDB). “Toda a ação que fortaleça o acompanhamento de ações administrativas do Poder Executivo promovendo debates e discussões com a participação da sociedade é bem vinda. Vejo com bons olhos o projeto em questão, inclusive manifesto o desejo de participar ativamente de tal comissão, para o fortalecimento da nossa região, nós mulheres precisamos estar unidas no seguimento da política, para que coloquemos ainda mais em prática o protagonismo que já estamos buscando a tempos”, afirma Talita Santos (PP).

Segundo Ritinha, o prefeito de Pescaria Brava e presidente da Amurel, Deyvisonn de Souza (MDB), colocou a associação à disposição da futura comissão. “As mulheres são a maioria do eleitorado, mas a minoria das eleitas. É preciso unir a força da classe feminina e lutar por nossas ideias. Precisamos mostrar que a mulher tem lugar e voz na política. Junto ao Legislativo, podemos atuar como voz do povo, a voz das mulheres e pleitear iniciativas. Com a comissão teremos mais forças”, pontua a proponente.

Notícias relacionadas

Previous
Next