#SóAcho: Que para alguns, quanto pior, melhor (para quem?)

Um resumo dos principais fatos da semana, na visão e nas lentes de Elvis Palma.
Divulgação

QUANTO PIOR MELHOR: Infelizmente alguns ainda mantém essa linha de pensamento de tudo que acontece ao seu redor, torcem para o quanto pior melhor e vivem como se assim fosse, muitas vezes prejudicando até quem vive ao seu lado. De tudo e para tudo acham uma linha de pensamento distorcida e literalmente torcem contra mesmo. Triste, mas é isso que acontece.

DIA D DE VACINAÇÃO: Mais um final de semana que passou com dia “D” de vacinação e desta vez, contra a Covid-19. Parabéns mais uma vez à esses profissionais de nossa cidade, que em um sábado vacinaram 1.067 pessoas que procuraram os postos de saúde onde estavam sendo aplicadas as vacinas que salvam. Claro, aquela turma do contra em grupos já alertavam para filas, que não iria ter vacina para todo mundo, que seria necessário acordar cedo, teve que engolir seus próprios achismos. Parabéns à equipe de saúde municipal por mais esse dia de compromisso com a saúde do próximo e que novamente vai estar amanhã imunizando nossa população.

TRISTE FOI SABER que mais de 70 mil pessoas no estado não retornaram para fazer a segunda dose da vacina contra o coronavírus e desta forma, completar suas imunizações. No momento pandêmico como esse que ainda lutamos pela vida realmente é difícil de acreditar.

QUER UMA LAGUNA DIFERENTE: Deveria começar fazendo diferente na sua forma de pensar, de agir e principalmente de se expor nas redes sociais, pois cada vez mais fica registrado seu despreparo em querer fazer diferente. Se você não consegue ver isso é bom ficar atento e repensar suas atitudes e seu posicionamento. Fazer e querer diferente vai muito mais além do que se conversa em grupos de mensagens, lá na frente vai perceber isso. Mude, ainda dá tempo de querer uma Laguna diferente e melhor.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

VAMOS AOS NÚMEROS: Em junho, o número de casos confirmados em nossa cidade chegou a 386 pessoas com o novo coronavírus e ocorreram sete óbitos. Nos primeiros seis meses do ano, segundo o boletim epidemiológico da prefeitura, ficaram assim registrados: janeiro foram 345 casos confirmados e 9 óbitos, fevereiro foram 302 casos confirmados e 3 óbitos, março foram 847 casos confirmados e 38 óbitos, abril foram 403 casos confirmados e 30 óbitos, maio foram 146 casos confirmados e 7 óbitos e junho foram 386 casos confirmados e 7 óbitos. Apesar do número de casos ter aumentado consideravelmente no último mês, os óbitos permaneceram os mesmos (sete).

POSTAGEM DO GOVERNADOR: Todos os catarinenses com 18 anos ou mais receberão a primeira dose até agosto. Foi o que informou em suas redes sociais o governador Carlos Moisés da Silva. É uma boa notícia para os catarinenses que aguardam ansiosos pela imunização e quem sabe, em breve, também essa antecipação possa ocorrer com a segunda dose. Vacina salva, é bom todos compartilharem esse pensamento.

ENQUANTO ALGUNS AINDA CRITICAM: Que bom ver um movimento como o que ocorreu em Caputera, onde um grupo de estudantes e professores do Novo Ensino Médio (NEM), da escola estadual Coronel José Maurício dos Santos, realizou essa semana uma ação em homenagem aos profissionais de saúde que atuam na unidade básica do bairro. Reconhecimento é a palavra que define esse momento desses importantes profissionais da saúde.

Divulgação

TENHO ESPERANÇA que vai chegar um dia em que essas notícias relacionadas ao novo coronavírus e suas variantes irão perder forças. Tenho esperança em dias melhores em que muitos irão relembrar dos momentos difíceis por qual passamos, principalmente para aquelas famílias que perderam seus entes queridos. Alguma coisa vamos ter que guardar na memória e usar com sabedoria para agir e ser de forma diferente, com mais solidariedade e principalmente, mais empatia e posso até falar amor ao próximo. Alguns claro, ficarão alheios a tudo isso como se nada tivesse ocorrido. Triste, mas é o que se observa em certas atitudes.

É, CHEGAMOS EM JULHO: Meio ano já se passou e o que esperar daqui para frente? O que será que poderemos programar para os meses seguintes? Ou quem sabe para 2022? Difícil é afirmar com certa segurança o que vai ocorrer lá na frente, porém só uma certeza é de que nossas atitudes irão fazer muita diferença. Pense nisso e de preferência com responsabilidade.

Os artigos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Agora Laguna.

Previous
Next

Útimas Notícias

Previous
Next