Secretário de Educação confirma possibilidade de repassar sambódromo para prefeitura

Sem uma manutenção eficiente, o espaço ficou abandonado e o único movimento que se vê no local são dos servidores do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) e da Coordenadoria Regional de Educação (CRE), além de voluntários da Acustra, nas poucas salas que se mantém ativas.
Foto: Elvis Palma/Agora Laguna/Arquivo
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 4,704 visualizações,  4 views today

Inaugurado há 14 anos para funcionar de forma mista como uma passarela para desfile das agremiações de samba, escola e abrigar estruturas administrativas do governo do Estado em Laguna, o Sambódromo Hindemburgo Moreira amarga dias de esquecimento. Sem uma manutenção eficiente, o espaço ficou abandonado e o único movimento que se vê no local são dos servidores do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) e da Coordenadoria Regional de Educação (CRE), além de voluntários da Acustra, nas poucas salas que se mantém ativas.

Em 2019, começou a tramitar no governo catarinense um pedido da prefeitura para que a estrutura seja repassada ao município afim de melhor aproveitá-lo – e reformá-lo. Em entrevista ao podcast Fala Catarinense, o secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Cardoso, o Vampiro, confirmou que a administração estuda essa possibilidade.

“Estamos em avaliação da possibilidade de repasse da edificação ao município através de doação”, resumiu o gestor. Se essa proposta for adiante, o Estado deve recorrer à locação de um prédio para abrigar suas estruturas que ainda utilizam o sambódromo, caso da CRE, citada nominalmente.

Cardoso também aproveitou e atualizou o progresso da obra de reforma da Escola Almirante Lamego, iniciada em 2016. “As obras referentes ao contrato já foram construídas, faltando alguns ajustes finais para a entrega. Atualmente, temos o projeto elétrico aguardando aprovação da Celesc para priorizar o padrão de entrada de energia. A execução da ligação ao sistema de esgoto está planejada para começar já na próxima semana”, explicou.

O Fala Catarinense é um projeto colaborativo criado pelo governo onde jornalistas e pessoas comuns da sociedade enviam perguntas aos secretários de Estado. Os questionamentos respondidos por Cardoso foram feitos pela equipe do Portal Agora Laguna. Ouça abaixo a gravação.

Notícias relacionadas