Porto de Laguna fatura R$ 622 mil no primeiro semestre de 2021, diz governo

Os números divulgados pelo governo, apontam que as receitas do terminal saltaram de R$ 596 mil em 2019 para R$ 1,27 milhão em 2020, um aumento de 113%. 
Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

O Porto de Laguna faturou R$ 622 mil, no primeiro semestre deste ano, segundo divulgou o Governo de Santa Catarina, nesta terça-feira, 27. A estrutura portuária começou a ser administrada pelo Estado, através da holding SC Par, no final de 2019, após quase 50 anos sob gestão federal.

Os números divulgados pelo governo, apontam que as receitas do terminal saltaram de R$ 596 mil em 2019 para R$ 1,27 milhão em 2020, um aumento de 113%.

“Fizemos um trabalho intenso de divulgação do Porto de Laguna junto a vários armadores, visitando muitos deles e garantindo que eles encontrariam os insumos de que precisam e tratamento isonômico caso decidissem operar aqui. Isso foi fundamental”, detalha o gerente-executivo do porto, Fernando Vechi, que associa o crescimento à operação com pescados.

Além disso, os contratos de arrendamento, como a terceirização da fábrica de gelo, aumentaram o faturamento e auxiliaram na operação portuária. Ainda segundo o governo, está em estudos a implantação de um Plano de Desenvolvimento e Zoneamento, para viabilizar novos contratos de arrendamento e planejamento para a dragagem do berço do porto. Isso deve fornecer maior segurança para as embarcações entrarem, independentemente das condições meteorológicas e do mar.

“Esta é uma situação que vem de décadas e demanda investimentos significativos. Estamos trabalhando para conseguir o projeto, a partir do qual poderemos ir em busca de recursos para executar. Com isso, teremos mais estabilidade para as operações em Laguna, que historicamente dependem muito das condições do mar”, pontua Vechi.