Olímpiadas de Tóquio motivam iluminação brasileira na Ponte Anita Garibaldi

Devido à pandemia do novo coronavírus, as Olimpíadas foram adiadas e ocorrem em 2021, com novas modalidades: beisebol-softbol, karatê, escalada, surfe e skate. A delegação brasileira é composta por 304 atletas e mais 18 substitutos. Desse total, 15 atletas são naturais de Santa Catarina: Beatriz Linhares (ginástica rítimica), Isadora Pacheco, Pedro Barros, Yndiara Asp (estes na modalidade skate park), de Florianópolis; Darlan Romani (arremesso de peso), de Concórdia; Eduarda Amorim e Rudolph Hackbarth (handebol) e Matheus Corrêa (marcha atlética), de Blumenau; Eliane Martins (salto em distância), de Joinville; Júlia Bianchi (futebol), de Xanxerê; Rangel da Rosa (handebol), de Seara; Raquel Kochhann (rúgbi), de Saudades; Rodrigo do Nascimento (100m atletismo), de Itajaí; Rosamaria Montibeller (vôlei), de Nova Trento e Simone Ferraz (3.000m com obstáculos), de Ponte Serrada
Foto: Comunicação/CCR ViaCosteira
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,460 visualizações,  8 views today

Desde o começo do mês, o motorista que trafega pela Ponte Anita Garibaldi, na BR-101, em Cabeçuda, nota que a estrutura está iluminada com as cores da bandeira nacional. Isso porque julho é o mês olímpico e essa foi a forma encontrada pela CCR ViaCosteira, concessionária da rodovia, de demonstrar a torcida pelo Brasil na competição internacional. A abertura das Olimpíadas acontece nesta sexta-feira, 23, às 8h (horário de Brasília), em Tóquio, no Japão.

Segundo a CCR, o intuito da colorização especial também é mostrar como o esporte pode inspirar a sociedade na união, determinação, foco e coragem em tempos tão difíceis.

Devido à pandemia do novo coronavírus, as Olimpíadas foram adiadas e ocorrem em 2021, com novas modalidades: beisebol-softbol, karatê, escalada, surfe e skate. A delegação brasileira é composta por 304 atletas e mais 18 substitutos. Desse total, 15 atletas são naturais de Santa Catarina: Beatriz Linhares (ginástica rítimica), Isadora Pacheco, Pedro Barros, Yndiara Asp (estes na modalidade skate park), de Florianópolis; Darlan Romani (arremesso de peso), de Concórdia; Eduarda Amorim e Rudolph Hackbarth (handebol) e Matheus Corrêa (marcha atlética), de Blumenau; Eliane Martins (salto em distância), de Joinville; Júlia Bianchi (futebol), de Xanxerê; Rangel da Rosa (handebol), de Seara; Raquel Kochhann (rúgbi), de Saudades; Rodrigo do Nascimento (100m atletismo), de Itajaí; Rosamaria Montibeller (vôlei), de Nova Trento e Simone Ferraz (3.000m com obstáculos), de Ponte Serrada.

Notícias relacionadas

Previous
Next