Movimentos sociais voltam a convocar protesto contra presidente em Laguna

Protesto será realizado, conforme seus líderes, com uso de máscara e álcool em gel para prevenção da proliferação do novo coronavírus. Equipamentos de proteção individual também devem ser distribuídos.
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 3,200 visualizações,  4 views today

Um novo protesto contra o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), foi convocado para o sábado, 24, por movimentos sociais e partidos políticos ligados de oposição ao governo. O ato vai acontecer em frente ao Mercado Público, a partir das 9h30. A convocação acompanha atos agendados para o mesmo dia a nível nacional.

De acordo com a organização da manifestação, a pauta de reivindicações da passeata é baseada nas críticas à gestão federal no combate à pandemia do novo coronavírus, além de defender o impeachment de Bolsonaro. Desde o início do ano, esta é a terceira vez que um ato contrário ao chefe do Executivo é convocado para Laguna, que já registrou movimentos em defesa do governo.

O protesto será realizado, conforme seus líderes, com uso de máscara e álcool em gel para prevenção da proliferação do novo coronavírus. Equipamentos de proteção individual também devem ser distribuídos. Entre os organizadores da passeata, estão: a Frente Antirracista (FAR), da Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo (Fenea), Sindicato dos Empregados no Comércio de Laguna e Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP) – Regional Sul, o diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), Partido Comunista Brasileiro (PCB), além de outros membros da sociedade civil organizada

Previous
Next