Patrícia Uliano é a 4ª mais votada em lista sêxtupla da OAB

Lagunense recebeu 838 votos. Agora, os nomes vão ser filtrados pelo TJ-SC que escolherá apenas três e, depois, a lista tríplice será submetida ao governador Carlos Moisés (PSL) para a nomeação do novo desembargador.
Divulgação

Patrícia Uliano Effting está na lista sêxtupla para a vaga de desembargadora por meio do Quinto Constitucional. De forma direta, 10,1 mil advogados membros da Ordem de Advogados do Brasil (OAB) de Santa Catarina votaram para definir os seis nomes que serão submetidos ao Tribunal de Justiça (TJ-SC) para a próxima fase da escolha.

A lagunense, que tem 22 anos de atuação na área do Direito, foi a quarta mais votada na eleição realizada na segunda-feira, 21, com 838 votos. Os outros votados foram: Diogo Nicolau Pítsica (2.770), Wilson Pereira Júnior (1.343), Carlos Werner Salvalaggio (1.045), Tammy Fortunato (798) e Romualdo Paulo Marchinhacki (771).

Agora, os nomes vão ser filtrados pelo TJ-SC que escolherá apenas três e, depois, a lista tríplice será submetida ao governador Carlos Moisés (PSL) para a nomeação do novo desembargador. “Hoje estamos fazendo história na instituição. O nosso Quinto Constitucional é um procedimento que ficou um pouco mais longo, mas muito mais transparente, inclusivo e democrático”, afirmou o presidente da OAB, Rafael Horn, na apuração.

As vagas do Quinto Constitucional estão previstas na Constituição Federal. São destinados alguns dos cargos de desembargador nos tribunais à advocacia e ao Ministério Público, com preenchimento por alternância entre as instituições.