Laguna sedia treinamento de bombeiros da região de Criciúma

De acordo com o batalhão, a participação no curso foi de forma voluntária e envolveu 110 bombeiros, divididos em grupos para atender às normativas sanitárias de prevenção ao novo coronavírus.
Divulgação/CBM-SC
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 899 visualizações,  12 views today

Referência a nível estadual e nacional, o centro de treinamentos do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) de Laguna voltou a estar movimentado nestas últimas semanas. A unidade especializada recebeu uma equipe de bombeiros militares e comunitários que atuam na região do 4º Batalhão (BBM) de Criciúma.

O centro de treinamento permite passar vários ensinamentos aos agentes da corporação, com análise de vários estágios de um incêndio estrutural. “Hoje, se a gente não evoluir estará colocando em risco a segurança de possíveis vítimas, da residência e a nossa própria”, avalia o comandante dos bombeiros de Laguna, tenente Henrique Schuelter Nunes.

As aulas envolveram teoria e prática. “O principal ponto foi aperfeiçoar as técnicas de combate e gerenciamento dos riscos envolvidos neste tipo de ocorrência”, explica o chefe do Setor de Instrução e Ensino do 4º BBM, subtenente Cleiton de Bem Albino.

De acordo com o batalhão, a participação no curso foi de forma voluntária e envolveu 110 bombeiros, divididos em grupos para atender às normativas sanitárias de prevenção ao novo coronavírus. “Nosso intuito sempre será a excelência no atendimento à comunidade e a diminuição no tempo resposta de uma emergência”, pontua o major Luiz Felipe Lemos, comandante da corporação de Criciúma.

Mais de 200 bombeiros

Só neste ano, 221 bombeiros militares e comunitários participaram de treinamentos no quartel. “A gente fica muito feliz de ter os simuladores necessários para poder transmitir esses ensinamentos. O pessoal que está vindo aqui consegue captar nossa mensagem e sai contente com a instrução. Temos certeza que estamos evoluindo na questão de combate a incêndio no estado como um todo”, destaca Schuelter.

Em 2021, participaram bombeiros do 13º Batalhão (Balneário Camboriú, Camboriú, Itapema, Porto Belo, Bombinhas, Tijucas e São João Batista), do 7º Batalhão (apenas Araquari), do 8º Batalhão (Laguna e Tubarão) e do 4º Batalhão (Criciúma, Araranguá, Içara, Forquilhinha, Morro da Fumaça, Urussanga, Cocal do Sul, Balneário Rincão, Passo de Torres, Sombrio e Turvo).

Divulgação/CBM-SC

Notícias relacionadas