Jubarte encalha na praia de Itapirubá

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) informou que um trabalho de necropsia será realizado ao longo desta tarde para determinar a causa da morte da baleia.
Divulgação/PMP-BS/Udesc

Uma baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae) foi encontrada encalhada, na manhã desta terça-feira, 29, na praia de Itapirubá, lado Sul, em Laguna. Equipes de especialistas foram acionadas por um morador do balneário que avistou o animal.

O cetáceo estava em avançado estado de decomposição, conforme observado pela autólise (processo biológico de autodestruição) dos órgãos, bem como pelo desprendimento de pele e consequentemente exposição da musculatura.

Segundo a Fundação Lagunense de Meio Ambiente (Flama), o mamífero juvenil era macho, tinha oito metros de comprimento e aproximadamente quatro toneladas.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) fez as coletas de amostras biológicas, como prevê o Protocolo de Encalhe da APA da Baleia Franca, e informou que um trabalho de necropsia será realizado ao longo desta tarde para determinar a causa da morte da baleia.

Ainda de acordo com os procedimentos adotados nestes casos, a carcaça foi enterrada na praia em local isolado, próximo às dunas móveis, na base da estrutura. Um relatório comprovando a destinação final da carcaça deve ser entregue, no prazo de trinta dias, à autarquia ambiental de Laguna.

Notícias relacionadas