Cadastro para receber 1ª parcela do auxílio emergencial de SC em julho encerra hoje

Com a liberação, o cartão do auxílio vai poder ser usado no pagamento de alimentação e despesas essenciais em milhares de estabelecimentos credenciados em todos os municípios catarinenses. Dados do governo, apontam que mais de 9 mil pessoas já fizeram o cadastro, além das famílias que fazem parte do CadÚnico.
Ilustrativa
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 2,308 visualizações,  8 views today

O prazo para quem deseja receber, em julho, a primeira parcela do auxílio emergencial catarinense encerra nesta quarta-feira, 23. Quem perder a data, pode se inscrever no programa até 30 de setembro, com pagamento nos meses seguintes. O cadastro é feito aqui.

O auxílio catarinense ocorre por meio do programa SC Mais Renda, que prevê três parcelas mensais de R$ 300 e visa beneficiar profissionais que perderam o vínculo formal de emprego durante a pandemia e pessoas em situação de vulnerabilidade. São aptos a solicitar o SC Mais Renda quem perdeu o emprego entre 19 de março de 2020 e 1º de maio de 2021 nos segmentos de alimentação, hospedagem, eventos, design, artes cênicas, turismo e transporte público, desde que não tenham recebido o auxílio emergencial federal e o seguro-desemprego, entre outros, e não tenham vínculo ativo de trabalho até 9 de junho de 2021.

Com a liberação, o cartão do auxílio vai poder ser usado no pagamento de alimentação e despesas essenciais em milhares de estabelecimentos credenciados em todos os municípios catarinenses. Dados do governo, apontam que mais de 9 mil pessoas já fizeram o cadastro, além das famílias que fazem parte do CadÚnico.

Serão contempladas ainda as famílias que constam no CadÚnico até o dia 9 de junho de 2021 e estão em situação de pobreza ou extrema pobreza, desde que não tenham recebido o benefício do Programa Bolsa Família nem auxílio emergencial federal. Pessoas que recebem Benefício de Prestação Continuada (BCP) também não tem direito ao SC Mais Renda. Neste caso, a aprovação do benefício será automática, após o cruzamento de informações quanto aos requisitos impeditivos.