#SóAcho: Deputado diz que ‘chegou ao limite’ com Carlos Moisés

Um resumo dos principais fatos da semana, na visão e nas lentes de Elvis Palma.
Foto: Elvis Palma/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 5,472 visualizações,  12 views today

BATEU FORTE: Esse foi o título da coluna do Arilton Barreiros, no Jornal Diário do Sul. Disse o colunista que o deputado estadual Felipe Estevão (PSL), fez um contundente pronunciamento na Assembleia Legislativa mostrando a todo o povo catarinense sua posição em relação ao governo de Carlos Moisés. Disse que este é um governo do faz de conta e o que temos são palavras vazias de um governante que só ilude. Felipe salientou que a política pública atual é feita no conforto da Agronômica ou de uma sala com ar condicionado do Centro Administrativo. Ele denunciou promessas feitas pelo governador Carlos Moisés, como os investimentos para o Porto Pesqueiro de Laguna e da rodovia Ageu Medeiros, em que os recursos ainda não foram aportados, e disse estar alerta para que não ocorra o mesmo com a Barra do Camacho. O parlamentar concluiu dizendo ter chegado ao limite depois de dois anos de governo e nunca ter conseguido se reunir com o governador para apresentar suas demandas e que, a partir de agora, não irá mais se calar, pois não quer estar fadado ao fracasso.

O PEIXE MORRE PELA BOCA: Sempre escutei isso, assim como o ditado de que “boca fechada não entra mosca”. Porém, tem uns por aí que estão se perdendo no meio do caminho, participando de grupinhos e entrando na onda de como não se faz política, principalmente em nossa cidade. Lá na frente vão perceber o tempo perdido e não aproveitado para somar em suas pretensões futuras após derrota nas urnas. Essa é a minha opinião.

OLHA QUE LEGAL: Hinos do Brasil e de Laguna entram na rotina dos alunos da rede municipal. Segundo a secretária de Educação e Esportes de Laguna, Juliana Fagundes De Carvalho, “o calendário letivo de 2021 já prevê que todas as instituições municipais tenham que executar os hinos do Brasil e de Laguna semanalmente, desde o início das aulas, como também já devem junto a sua equipe elaborar os hinos de cada instituição para que se possa consolidar a identidade da unidade, perceber que o sentimento de pertencimento apoia o bom funcionamento da escola”. É possível mudar quando se tem vontade de fazer diferente, parabéns a todos os envolvidos por esse resgate cívico.

Foto: PML/Divulgação

SE CHEGOU A SUA VEZ, tome a vacina! Não importa em qual situação você se encontra, e, se foi considerado como grupo prioritário tem mais é que tomar. Temos que seguir o que determina o Ministério da Saúde para o bem geral da população. Se chegou a sua vez, agende e tome a vacina. Não queira bancar o bom moço e ficar de fora do seu momento.

Foto de arquivo: Elvis Palma/Agora Laguna

MORAMOS EM UM PARAÍSO: Basta observar o que a natureza nos ofertou de forma gratuita e que encanta quem por nossa cidade passa. São reportagens diversas contando a nossa história e a pesca mais uma vez ganha destaque através da EPTV, afiliada da Globo em Campinas que mostrou dois momentos em nossa Laguna. O primeiro já apresentado foi a pesca da anchova, e o próximo programa traz a nossa pesca com auxílio dos botos. Tudo isso irá fazer os olhos se voltarem para nossa cidade e ao que temos de mais belo. Eu moro em um paraíso, isso me enche de orgulho.

BRECHÓ DA REDE: Colabore com a Rede Feminina de Combate ao Câncer de nossa cidade, visite e adquira roupas de boa qualidade a partir de R$ 10. Desta forma, os recursos serão destinados ao auxílio dos pacientes atendidos pelas voluntárias. Colabore e compartilhe, solidariedade é muito importante nesse momento.

NO BRASIL DOS BRASILEIROS ainda não atingimos 10% da população imunizada com as duas doses da vacina contra a Covid. A esperança da população contra esse vírus caminha lado a lado com a lentidão das doses aplicadas em seu povo. Infelizmente, nos resta esperar mantendo sempre os cuidados básicos necessários. Os casos vêm oscilando, subindo e descendo, sempre com o medo de novas variantes e de uma nova onda. Vamos fazer a nossa parte e esperando que nossos governantes façam a deles. Uma coisa é certa: esse descontrole emocional com palavras e pronunciamentos equivocados desde o começo vai nos deixar marcas profundas a serem contadas lá na frente.

Os artigos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Agora Laguna.

Previous
Next

Útimas Notícias

Previous
Next

Relacionados