Prevenção em dicas: Sistemas de videomonitoramento

Os assaltos em residências e principalmente em comércios são cada vez mais frequentes, embora vários sistemas de monitoramento tenham impedido, na maioria das vezes, a ação criminosa.
Ilustração: Evilym Lima/Editoria de Arte
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 2,120 visualizações,  20 views today

A pandemia Covid19 mudou muitos comportamentos dos seres humanos, mas nas práticas delituosas não percebemos alteração, ou seja, os crimes continuam existindo como antes.

Os assaltos em residências e principalmente em comércios são cada vez mais frequentes, embora vários sistemas de monitoramento tenham impedido, na maioria das vezes, a ação criminosa.

  • Mas existe algum tipo de sistema de videomonitoramento mais eficiente?
  • Existe quais ou quantos meios para barrar ladrões e assaltantes?

Gosto de trabalhar e explanar os conteúdos compartilhando princípios e nesta Dica de Segurança vou compartilhar alguns deles, que podem delimitar melhor sua decisão quando for adquirir ou melhorar um sistema de videomonitoramento para sua casa ou comércio, que são:

  1. Princípio da OBSERVAÇÃO SOCIAL (+ olhares): sabe aquele ditado: “quem não é visto não é lembrado”? Pois é, isso delimita algo bem interessante na mente do criminoso, que sempre procura um local ermo, sem muita observação de pessoas para a prática delituosa – via de regra: quanto mais olhares, menos crimes acontecem.
  2. Princípio da COMUNIDADE ATIVA (+ prevenção): o Programa de Prevenção Situacional, Rede de Vizinhos, trás como principal princípio o da comunidade ativa, que trata de cuidar uns dos outros, tanto da estrutura, quanto dos comportamentos dentro da localidade. Um grande exemplo na cidade de Laguna foi a Praça Florida, no bairro Jardim Juliana. Que foi executada após a construção do Projeto de Intervenção para o bairro, feito pela Gestão de Programas Preventivos da PM. Essa estrutura modificou totalmente a organização do bairro e a realidade de índices criminais anteriores.
  3. Princípio do POSICIONAMENTO (câmera não é sinal de captura de comportamento): na maioria das vezes os equipamentos são instalados de forma errada. Câmeras devem ser instaladas num local onde seja possível identificar o rosto das pessoas. Nada adianta uma câmera no teto, que apenas vai capturar o modelo do boné ou do capuz do ladrão.
  4. Princípio da QUALIDADE (HD, 4k): gaste bem para gastar uma vez só! Muitos equipamentos de videomonitoramento não tem qualidade de filmagem, nem de armazenamento. As imagens/vídeos são importantes para a investigação policial, por isso que quanto maior a qualidade melhor para elucidar os fatos. E o armazenamento é importante para uma melhor investigação.
  5. Princípio da VIGILÂNCIA (avisos chamam atenção e inibem comportamentos): colocar placas em locais estratégicos, informando que o local é vigiado 24 horas/dia por câmeras e pessoas, inibe muito as práticas deliciosas. Mas é importante deixar claro que Câmeras devem ser observadas pelo ser humano, para poder gerar eficiência.

DICAS:

1. CONTRATE empresas sérias e que forneçam excelentes produtos e serviços;

  1. FAÇA um projeto de segurança do seu ambiente residencial e comercial;
  2. PARTICIPE de uma Rede de Vizinhos;
  3. SEJA um cidadão participativo na sua comunidade;
  4. GASTE com Prevenção, que custa bem menos que a Repressão;
  5. NUNCA reaja a um assalto – sua vida vale mais que o mundo inteiro!
  6. Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco via whatsapp (48 99969-7221) ou via Instagram (@eng.evandrofarias).

Emergências

Caso sinta ou perceba algo estranho, chame imediatamente a Polícia Militar pelo canal de emergências 190.

IMPORTANTE: Salve os contatos de segurança com o “aaa” (exemplo: aaa Polícia Militar) antes do nome, para que eles fiquem sempre à frente dos outros números salvos e sejam o primeiro telefone de sua agenda.

 Rede de Vizinhos

Se você não faz parte de um grupo de Rede de Vizinhos, entre em contato conosco no quartel da PM, na Rua Saul Ulysséa, nº 200, no bairro Mar Grosso, de segunda a sexta-feira, ou converse com um policial militar da cidade.

Polícia Militar de Santa Catarina – Presentes e protegendo!

Os artigos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Agora Laguna.

Útimas Notícias

Relacionados