Família de Diego Scott prepara nova manifestação; desaparecimento completará quatro meses

Morador do bairro Progresso não foi mais visto desde a tarde do dia 15 de janeiro. Diego Scott tem 39 anos.
Foto: Família Scott
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 8,374 visualizações,  8 views today

Familiares e amigos de Diego Bastos Scott, 39 anos, organizam para a próxima sexta-feira, 7, um novo protesto em frente ao Fórum de Laguna para cobrar respostas para o desaparecimento dele. O morador do Progresso não foi mais visto desde o dia 15 de janeiro, quando foi colocado em uma viatura da Polícia Militar (PM) e levado para uma região deserta no Gi. Naquele dia, uma discussão familiar motivou o acionamento da guarnição.

“Ele nunca mais foi visto. Desde o princípio, três dias depois, senti que ele não estava mais vivo, pois não iria ficar tanto tempo sem ver o filho”, comenta a esposa Alexsandra Joaquim, 41. Camisetas foram confeccionadas para distribuição durante o ato. O protesto vai acontecer a partir das 16h. “Chamo os amigos lagunenses que queiram se juntar à nós, a família Scott, em frente ao fórum. Quem puder acompanhar, nós só temos a agradecer”, convida.

No final de janeiro, quando o caso não havia nem completado um mês, um protesto também foi realizado em frente à sede da Justiça na cidade. Na época, o desaparecido ainda era apurado pela polícia, que concluiu o inquérito apontando indícios de crimes militares por parte dos dois policiais que atenderam à ocorrência.

Notícias relacionadas