Audiência pública discutirá desassoreamento do Camacho

O desassoreamento é um desejo antigo das colônias de pescadores e entidades ligadas à pesca, preocupadas com os prejuízos que o excesso de areia no local causa à atividade. O assoreamento compromete o trânsito das embarcações, prejudica o escoamento da água em casos de chuva intensa e interfere na qualidade da pesca de subsistência.
Foto: Juliana Biz
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,020 visualizações,  8 views today

Ocorre nesta quarta-feira, 5, uma audiência pública para discutir propostas para o desassoreamento da Barra do Camacho. O encontro é promovido pela Comissão de Pesca e Aquicultura da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), a partir das 17 horas.

O requerimento para a realização da audiência partiu do deputado estadual Felipe Estevão (PSL). O desassoreamento é um desejo antigo das colônias de pescadores e entidades ligadas à pesca, preocupadas com os prejuízos que o excesso de areia no local causa à atividade. O assoreamento compromete o trânsito das embarcações, prejudica o escoamento da água em casos de chuva intensa e interfere na qualidade da pesca de subsistência.

Pescadores, entidades representativas do setor, representantes do governo do Estado, Alesc e órgãos públicos relacionados devem participar da audiência, que será transmitida ao vivo pelas redes sociais e pela TV do Legislativo catarinense.

Notícias relacionadas