Prefeito pede ‘jejum voluntário’ em prol de Pescaria Brava e pelo fim da pandemia

Dados mais recentes mostram que a cidade já teve 1.777 mil casos confirmados, sendo que 1.753 estão recuperados. Há oito pacientes em tratamento (dois em casa e seis em hospital) e 16 óbitos por complicações da doença foram registrados no município. 
Divulgação/PMPB
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,932 visualizações,  4 views today

O prefeito de Pescaria Brava, Deyvisonn de Souza (MDB), usou suas redes sociais para fazer um pedido diferente à população do município mais novo da região da Amurel. O político divulgou uma arte para sugerir um ‘jejum voluntário’ para os moradores visando o fim da pandemia do novo coronavírus para ser realizado na sexta-feira, 2.

“Que todos os cristãos façam suas orações diárias e que todos que puderem, voluntariamente, façam um jejum em prol de Pescaria Brava e seu povo, pelo Brasil e mundo, com objetivo que esse mal (Covid-19) acabe”, diz o texto publicado pelo prefeito. A ideia teria surgido após conversas de Souza com representantes de igrejas situadas na cidade. “É tempo de buscar a presença de Deus”, finaliza.

Dados mais recentes mostram que a cidade já teve 1.777 mil casos confirmados, sendo que 1.753 estão recuperados. Há oito pacientes em tratamento (dois em casa e seis em hospital) e 16 óbitos por complicações da doença foram registrados no município.