Policiais pedem apoio da Amurel para pleitear aumento do efetivo da PRF

A ideia é que dois mil novos agentes sejam incorporados ao efetivo no Brasil e os dois policiais entendem que é o momento de juntar forças para buscar aumentar o quadro de agendes na região. Eles asseguram que se chegou ao limite de haver postos policiais sem guarnição por falta de efetivo.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 2,196 visualizações,  12 views today

Policiais rodoviários federais estiveram reunidos, nesta segunda-feira, 5, na sede da Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) para solicitar apoio da instituição para buscar o apoio do efetivo da PRF para a macrorregião Sul (Paulo Lopes a Passo de Torres). Os agentes Anderson Dal Bó e Paulo Machado foram recebidos pelo presidente da Amurel e prefeito de Pescaria Brava, Deyvsonn de Souza (MDB) e o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli (Progressistas).

Os dois policiais integram a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF). Os dois representantes da categoria informaram que está em andamento um concurso público para contratação de novos policiais.

O concurso deve acontecer no primeiro semestre de 2021 e as atividades da Academia de Polícia têm previsão de ocorreram no semestre posterior. A ideia é que dois mil novos agentes sejam incorporados ao efetivo no Brasil e os dois policiais entendem que é o momento de juntar forças para buscar aumentar o quadro de agendes na região. Eles asseguram que se chegou ao limite de haver postos policiais sem guarnição por falta de efetivo.

De acordo com a Amurel, Souza e Ponticelli estão organizando viagem à Brasília para levar o pleito para conhecimento dos deputados e senadores federais de Santa Catarina, visando empenho na questão apresentada pelos agentes.

Divulgação