Polícia cumpre mandados em Laguna durante operação que prendeu ex-prefeito de Imaruí

As ordens judiciais fazem parte da operação Gêmeo do Mal, que apura crimes contra o patrimônio público daquele município.
Divulgação/PC
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 8,660 visualizações,  12 views today

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta quarta-feira, 14, em imóveis em Laguna (bairro Mar Grosso) e Imaruí ligados a ex-agentes públicos da cidade vizinha. As ordens judiciais fazem parte da operação Gêmeo do Mal, que apura crimes contra o patrimônio público daquele município.

Até o momento, segundo a Polícia Civil, também foram cumpridos mandados de prisão contra o ex-prefeito Rui Candemil (ex-PSD) e dois ex-secretários municipais que atuaram na gestão de 2017 a 2020, período em que ocorreram os fatos investigados. As prisões foram decretadas na modalidade preventiva para dois dos indiciados e temporária para outro.

A ação de busca e apreensão foi voltada ao recolhimento de documentos e equipamentos eletrônicos que passarão por perícias.

A operação é coordenada pela 2ª Delegacia Especializada no Combate à Corrupção (Decor) com a Delegacia de Imaruí, e apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Laguna. Ainda de acordo com a corporação, durante o dia, os presos serão interrogados e encaminhados à Unidade Prisional Avançada de Laguna e presídio feminino de Tubarão.

Gêmeo do Mal

A investigação apura delitos de organização criminosa, peculato, fraudes em licitações e outros, e foi iniciada há mais de nove meses. A primeira fase ocorreu em novembro de 2020 e a segunda em março de 2021.

Até o momento, a operação contabiliza sete presos, oito mandados de busca e apreensão e quatro afastamentos de servidores públicos, além de várias outras cautelares de natureza constritiva patrimonial. A investigação está em fase final e deverá ser finalizada nos próximos dias.

Notícias relacionadas