Mais de 10,6 mil doses de vacina contra Covid já foram aplicadas em Laguna

São usadas na imunização as vacinas Coronavac (Sinovac/Butantan), com intervalo médio de 28 dias entre cada dose, e Covishield (AstraZeneca/Oxford/Fiocruz), com até três meses de distância entre cada aplicação.
Foto: Elvis Palma/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,684 visualizações,  4 views today

Dados divulgados neste começo de semana pela prefeitura de Laguna indicam que a cidade já aplicou 10.640 doses das vacinas contra coronavírus até a segunda-feira, 26. São 6.925 pessoas que receberam a primeira dose e 3.715, a segunda.

Atualmente, o trabalho de imunização se concentra na vacinação de profissionais de saúde, servidores das forças de segurança pública e pessoas com 63 anos ou mais. A cidade começou a vacinar a população em janeiro deste ano.

São usadas na imunização as vacinas Coronavac (Sinovac/Butantan), com intervalo médio de 28 dias entre cada dose, e Covishield (AstraZeneca/Oxford/Fiocruz), com até três meses de distância entre cada aplicação.

Segundo especialistas, a resposta do organismo leva até 14 dias para acontecer. Mas, mesmo com a vacina, é importante que os cuidados sanitários e medidas de prevenção ao contágio pelo vírus continuem sendo adotados.

Veja os números até a tarde de segunda-feira, 26

  • Profissionais da saúde: 867 receberam a 1ª dose e 362 receberam a 2ª dose
  • Idosos asilados: 55 receberam a 1ª dose e 54 receberam a 2ª dose
  • Idosos 90 anos ou mais: 148 receberam a 1ª dose e 146 receberam a 2ª dose
  • Idosos 85 a 89 anos: 300 receberam a 1ª dose e 20 receberam a 2ª dose
  • Idosos 80 a 84 anos: 634 receberam a 1ª dose e 255 receberam a 2ª dose
  • Idosos 75 a 59 anos: 1.131 receberam a 1ª dose e 1.046 receberam a 2ª dose
  • Idosos 70 a 74 anos: 1.712 receberam a 1ª dose e 1.514 receberam a 2ª dose
  • Idosos 65 a 69 anos: 2.060 receberam a 1ª dose e 319 receberam a 2ª dose
  • Profissionais da segurança: 18 receberam a 1ª dose e aguardam o reforço da 2ª dose