Estado atualiza matriz e apenas uma região apresenta melhora

Região de Xanxerê é a única a aparecer em nível grave (cor laranja). Amurel (Laguna) continua em risco gravíssimo.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 2,144 visualizações,  4 views today

O Governo de Santa Catarina atualizou o mapa de risco do novo coronavírus. Após cinco semanas com todo o estado na cor vermelha, uma região (Xanxerê) aparece com a cor laranja, indicando nível grave. A atualização é deste sábado, 3.

A região da Amurel (Laguna), Carbonífera (Criciúma) e Extremo Sul (Araranguá) seguem em nível gravíssimo. Outras 12 localidades seguem na mesma situação.

Bianca Vieira, cientista de dados do Estado, diz que a melhora se deve pela baixa dos indicadores nos índices de transmissibilidade, do evento sentinela e, principalmente, do monitoramento dos casos, que voltou à cor amarela (nível alto), caindo duas posições na região.

“O padrão de melhora dos indicadores continua, com destaque para os de transmissibilidade, que estão mostrando queda em todas as regiões. Nenhuma região apresentou nota máxima pela primeira vez em bastante tempo, o que é um resultado positivo, mesmo que a capacidade de atenção permaneça em nível gravíssimo em todas as regiões”, afirma Bianca. Para ela, isso mostra o reflexo da vacinação no estado.

De acordo com os dados, na capacidade de atenção, a região de Criciúma é a única que está com o número de leitos abaixo dos 90% de ocupação. Outras quatro regiões estão com ocupação maior que 95%, sendo que a restante continua com 100% de ocupação.