Cartilha sobre boto-pescador é lançada

Nas páginas, as questões biológicas, a alimentação, reprodução e os hábitos do boto são destacados. A pesca realizada com apoio da espécie é patrimônio imaterial de Santa Catarina.
Foto: Elvis Palma/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,680 visualizações,  4 views today

Uma cartilha digital e gratuita sobre o boto-pescador de Laguna (Tursiops truncatus) foi lançada pelo Curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Barriga Verde (Unibave), com ideia de chamar atenção para a preservação da espécie, que teve 15 mortes registradas em 2018. O livreto compila informações sobre a pesca com auxílio da espécie.

Nas páginas, as questões biológicas, a alimentação, reprodução e os hábitos do boto são destacados. A pesca realizada com apoio da espécie é patrimônio imaterial de Santa Catarina. Acesse aqui a cartilha.

“Foi uma experiência gratificante. Percebo que é um assunto muitas vezes tratado de forma superficial, as pessoas sabem da existência do boto, mas não sabem o que está acontecendo em relação à mortalidade pela pesca predatória”, comenta a professora Camila Spíndola, que atuou na orientação do projeto articulador. Para ela, foi uma ação inusitada e desafiadora. A educadora também deseja poder trabalhar melhor o material futuramente. “Divulgando ainda mais a importância do boto pescador de Laguna”, diz.

A escolha do tema também foi motivada para atender às metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), segundo o professor André Freccia. Ele chama atenção para outras questões como a poluição da bacia do Rio Tubarão, que afeta todo o ecossistema, fatores que podem acarretar a redução da população de botos na região.