Ação solidária durante vacinação continua em Laguna

Os alimentos não-perecíveis são aqueles que têm possibilidade de serem armazenados por longos períodos e trazem menores dificuldades à conservação, por poderem ficar à temperatura ambiente. São exemplos: milho, macarrão, feijão, soja, arroz, café, fubá, açúcar, polvilho, farinha de trigo, cevada, farelo de trigo, leite em pó, óleo, biscoitos, pipoca, achocolatado e gelatina em pó.
Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,012 visualizações,  8 views today

Pessoas que forem se vacinar contra coronavírus (primeira ou segunda dose) ou contra a gripe H1N1 podem continuar doando alimentos não perecíveis nas unidades básicas de saúde onde ocorrem as ações de imunização. A iniciativa começou em Laguna na última semana, depois de iniciativas semelhantes terem surtido efeito em cidades vizinhas.

“As ações positivas a gente multiplica. A solidariedade é muito importante nesse momento que estamos vivendo”, diz a secretária da Saúde, Gabrielle Siqueira.

Os alimentos não-perecíveis são aqueles que têm possibilidade de serem armazenados por longos períodos e trazem menores dificuldades à conservação, por poderem ficar à temperatura ambiente. São exemplos: milho, macarrão, feijão, soja, arroz, café, fubá, açúcar, polvilho, farinha de trigo, cevada, farelo de trigo, leite em pó, óleo, biscoitos, pipoca, achocolatado e gelatina em pó.

Todos os produtos arrecadados vão ser incorporados ao estoque da Secretaria de Assistência Social e Habitação e da Fundação Irmã Vera, para que estas entidades façam a destinação dos donativos para famílias e entidades previamente cadastradas.