Ex-secretário Luiz Felipe Remor dá entrada na UTI com complicações do coronavírus

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 632 visualizações,  4 views today

O ex-secretário regional de Laguna e ex-presidente da Flama, Luiz Felipe Remor (MDB), 58 anos, deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos, para tratar de complicações graves do novo coronavírus. O político foi levado de ambulância para a casa hospitalar, nesta quinta-feira, 4, com cerca de 80% do pulmão acometido pelo vírus, mas o quadro melhorou após a internação.

De acordo com o filho Carlos Alberto, Remor apresentava quadro febril intenso e demonstrava cansaço ao respirar durante a fala. “Foram fazendo os procedimentos necessários. Ele está sendo bem cuidado e graças a Deus ele começou a reagir: a febre passou, a glicose baixou e está com um aspecto melhor”, relata o corretor de imóveis.

O político faz parte do grupo de risco devido aos problemas de saúde que já possui e, segundo o filho, apesar da possibilidade, ele não chegou a ser intubado. Carlos Alberto ressalta que a família acompanha a situação do ex-secretário e pede: “Ao pessoal que tem um carinho pelo pai, reforço que continuem as orações. Ele está estável, mas a batalha continua”.

Luiz Felipe Remor foi secretário regional na extinta ADR de Laguna entre 2017 e 2018, também ocupou o cargo de chefe de gabinete de Mauro Candemil (MDB) em 2020, mesmo ano em que ficou à frente da Fundação Lagunense do Meio Ambiente (Flama). Também foi secretário de Saúde entre 2013 e 2015 na cidade.