Cirurgias de média e alta complexidade em hospitais privados são suspensas

A suspensão da portaria abrange todos os procedimentos cirúrgicos realizados sob anestesia geral ou que demandem uso de sedativos e anestésicos intravenosos no transoperatório ou que impliquem em reserva de leito de UTI. A realização de procedimentos cirúrgicos de urgência ou “tempo sensíveis” permanecem autorizados.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,140 visualizações,  4 views today

Desde segunda-feira, 22, os procedimentos cirúrgicos eletivos de média e alta complexidade realizados nas clínicas e hospitais privados em Santa Catarina estão suspensos. A medida está prevista em portaria publicada pela Secretaria de Estado da Saúde e tem vigência até dia 31.

Anteriormente, os procedimentos também tinham sido suspensos em hospitais públicos e administrados por organizações sociais eles já haviam sido suspensos anteriormente. De acordo com o governo, a medida visa possibilitar maior oferta de leitos no combate à pandemia do novo coronavírus, diante do cenário crescente de casos de contaminação e mortes no estado.

O Estado levou em consideração as dificuldades informadas pelos fornecedores em cumprir com quantitativos e prazos de entrega de medicamentos como sedativos, anestésicos intravenosos e bloqueadores neuromusculares aos serviços de saúde.

A suspensão da portaria abrange todos os procedimentos cirúrgicos realizados sob anestesia geral ou que demandem uso de sedativos e anestésicos intravenosos no transoperatório ou que impliquem em reserva de leito de UTI. A realização de procedimentos cirúrgicos de urgência ou “tempo sensíveis” permanecem autorizados.

Notícias relacionadas

Previous
Next