SC amplia fiscalização para conter avanço do coronavírus

Foto: Júlio Cavalheiro/Secom Governo SC
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 364 visualizações,  4 views today

Em reunião com prefeitos na tarde desta terça-feira, 23, o governador Carlos Moisés (PSL) anunciou a ampliação da fiscalização e de recursos para combater o novo coronavírus em Santa Catarina. O encontro virtual também reuniu representantes dos Poderes e o secretário estadual André Ribeiro.

O governador informou que o governo estadual tem R$ 600 milhões para ativar leitos de UTI na rede privada e R$ 300 milhões para aquisição de vacinas. Para intensificar a fiscalização, um efetivo de 500 policiais militares atuará exclusivamente vistoriar atividades que estejam descumprindo os protocolos sanitários de prevenção ao novo coronavírus.

“Estamos direcionando esta força operacional de 500 policiais militares para intensificar a fiscalização. É uma ação importante para que a gente tenha, de fato, um movimento de impacto que ajude a frear o contágio”, disse Moisés, reforçando que a meta é fiscalizar atividades que estejam descumprindo.

Segundo o Estado, os presentes na reunião também pediram aumento na fiscalização para reprimir aglomerações e festas clandestinas. O encontro também definiu novos protocolos de enfrentamento à Covid-19, que seguem em debate com gestores municipais e, posteriormente, serão publicadas em decreto futuro. “Há necessidade de um esforço coletivo para a mudança de comportamento das pessoas”, pontuou o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Mauro de Nadal (MDB).