Lagunatur suspende ônibus no fim de semana e Alvorada terá apenas linha para hospitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 456 visualizações,  8 views today

A circulação do transporte coletivo neste final de semana e no próximo estará suspensa em Laguna. A medida foi anunciada pela Lagunatur, concessionária do serviço, com base no decreto de restrição social publicado mais cedo pelo Governo de Santa Catarina.

De acordo com a empresa, como os ônibus atendem principalmente ao comércio e este estará fechado, os coletivos não irão circular. A medida é acompanhada pela empresa Transportes Alvorada, de Tubarão.

Leia também: Comércio fechará nos próximos dois finais de semana; veja o que não poderá abrir

Nesse caso, a operadora tubaronense irá manter apenas a linha exclusiva voltada para o transporte dos funcionários da saúde, como vinha sendo realizado em março do ano passado, no primeiro decreto de fechamento.

Veja quais são os serviços que não podem operar neste e no próximo fim de semana:

  • Comércio de rua, excetuado o comércio essencial;
  • Shopping centers, centros comerciais, galerias;
  • Academias, centros de treinamento, salões de beleza, barbearias, cinemas e teatros;
  • Shows e espetáculos;
  • Bares, pubs, beach clubs, cafés, pizzarias, casas de chás, casas de sucos, lanchonetes e restaurantes;
  • Parques temáticos, parques aquáticos e zoológicos;
  • Circos e museus;
  • Feiras, exposições e inaugurações;
  • Congressos, palestras e seminários;
  • Utilização de piscinas de uso coletivo, clubes sociais e esportivos e quadras esportivas;
  • Agências bancárias, correspondentes bancários, lotéricas e cooperativas de crédito;
  • Os eventos, inclusive na modalidade drive-in, e as reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídos excursões, cursos presenciais, missas e cultos religiosos;
  • Os serviços públicos considerados não essenciais, em âmbito municipal, estadual ou federal, que não puderem ser realizados por meio digital 
ou mediante trabalho remoto;
  • A concentração, a circulação e a permanência de pessoas em parques, praças e praias;
  • O calendário de eventos esportivos organizados pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte);
  • Salões de festas e demais espaços de uso coletivo em condomínios e prédios privados.
  • Fica proibida ainda a aglomeração de pessoas em qualquer ambiente, seja interno ou externo, em cumprimento às regras sanitárias emitidas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).