Campeonato de futebol amador de Laguna pode acontecer no segundo semestre

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,176 visualizações,  4 views today

Paralisados desde março do ano passado e com raras exceções de partidas realizadas nesse período, os times de futebol amador de Laguna voltaram a se organizar com a expectativa de realizar um campeonato ainda esse ano. A intenção da prefeitura é que a competição ocorra no segundo semestre, a partir de junho.

Uma reunião na última terça-feira, 23, iniciou esse movimento de organização dos clubes tradicionais da cidade. “Ficou acordado para que os times usem esse tempo para organizar seus estádios, diretorias, mapear o que pretendem para elenco e comissão técnica. Para que quando chegar o mês de junho e a pandemia permitir, eles estejam prontos para nós fazermos um grande campeonato em 2021”, diz o coordenador técnico Tadeu César, do Departamento Municipal de Esportes (DME).

Além de representantes da prefeitura e Legislativo, o encontro contou com a participação de nove clubes amadores: Paulo Carneiro e Baixada (Caputera), Beira-Mar (Estreito), América de Bentos, Santa Maria (Barranceira), Avaí (Portinho), Bandeirante (Magalhães), Independente (Campo de Fora) e Aval (Progresso). O Galacticos (Progresso) não esteve na reunião, mas manifestou interesse em participar dos jogo.

A ideia é que a prefeitura siga arcando com a arbitragem e as premiações do campeonato, sob organização do DME, como ocorre desde 2018. Os clubes têm ciência da situação crítica da pandemia do novo coronavírus, mas não escondem o otimismo com a possibilidade de os jogos serem realizados.

“Acredito que esse vai ser um dos melhores campeonatos, pois teremos total apoio do prefeito de nossa cidade. O Paulo Carneiro está com sua estrutura pronta e renovada para o campeonato e esperamos o campeonato ansiosamente, porém reconhecemos que a situação é crítica”, fala Saulo Pereira, diretor do atual campeão do amador, o Paulo Carneiro. O último campeonato ocorreu em 2019.

No encontro, também foi mencionado o interesse em reforçar as bases dos clubes. Além dos titulares, os times mantém quadros juvenis, que disputam o campeonato de aspirantes – no último ano de disputa, o Santa Maria ergueu a taça. “Eles estão prestando todo o apoio e dando força para o futebol amador, em especial para os clubes. Reforçaram que querem focar também nas bases e possivelmente formar centros/escolinhas em polos das nossas regiões”, complementa o dirigente do América de Bentos, Gusttavo Cardoso.

Divulgação