Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

Com o aumento de casos de Covid-19 e a ocupação de leitos de UTI aumentado em hospitais de Laguna, Tubarão e Imbituba, representantes dos municípios que compõem a Amurel irão se reunir na tarde desta terça-feira, 23, para debater medidas para frear o avanço do vírus.

A informação foi confirmada pelo presidente da associação, Deyvisonn de Souza (MDB) em entrevista à Rádio Difusora. “Nós estamos indo para uma situação muito preocupante. Nos próximos dias vamos ter novidades em relação a isso. As UTIs estão todas lotadas, o sistema está entrando em colapso e o momento é o mais delicado que vamos começar a atravessar a partir de hoje e amanhã”, disse o prefeito de Pescaria Brava.

No encontro desta terça, que acontece de forma virtual, devem estar participando o governador Carlos Moisés (PSL), além dos gestores da Secretaria de Estado da Saúde, diretores de hospitais da região e secretários municipais. “Não estamos falando em fechar nada, mas sim atitudes para reprimir e tentar cessar um pouco os números da Covid na região”, finaliza Deyvisonn.

Em Laguna, na última semana, a direção do Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos voltou a informar que todos os 10 leitos de UTI para tratamento da Covid-19 estavam ocupados. Além disso, com esse cenário e diante do aumento de casos de coronavírus, a instituição emitiu nota de orientação à população em que pede que a emergência seja procurada apenas em “casos de extrema necessidade”.

Leia mais: Com UTI lotada, hospital pede que emergência seja procurada em ‘extrema necessidade’

No boletim informativo desta segunda, 22, o setor de emergência do hospital tinha dois pacientes em situação grave, devido à espera de vaga em leitos de UTI na região.

Neste último sábado, 20, a região da Amurel voltou a ser classificada em nível gravíssimo após um mês, de acordo com os dados da Matriz de Risco Potencial em relação ao novo coronavírus, divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde.