Udesc inicia reforma elétrica do Ginásio Bertholdo Werner

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 792 visualizações,  4 views today

Prevista para ser entregue em abril, a reforma da parte elétrica do Ginásio de Esportes Bertholdo Werner foi iniciada nesta semana. A empresa contratada pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) terá 270 dias para concluir os trabalhos de revitalização das instalações.

“A ideia é mudar toda a instalação elétrica que já estava comprometida com as infiltrações. Vamos trocar todos os cabos, mudar a iluminação para um sistema mais moderno de LED, aparelhar melhor em termos elétricos a academia. Ou seja, deixar seguro como deve ser um ginásio que todos podem usar sem nenhum tipo de perigo”, explica o professor Raimundo Nonato Gonçalves, coordenador de Obras, Projetos e Engenharias da universidade.

Antes da parte elétrica, houve troca de pintura, limpeza e remoção de focos de presença de pombos, alteração no piso da quadra de madeira para concreto e troca das telhas danificadas por ciclones. De acordo com Gonçalves, nesse último ponto, a construtora responsável será chamada novamente para reparar pequenos trechos da cobertura onde foram detectadas falhas, dentro da garantia estipulada em contrato.

A reforma do sistema elétrico é o último passo que a Udesc precisa concluir antes de reabrir o ginásio, que ainda vai passar por um todo um processo de limpeza e preparação para receber eventos esportivos.

“Queremos usá-lo da melhor forma possível. Temos a previsão de conclusão da obra em abril. Não sabemos como estará a pandemia nesse período, mas assim que tivermos condições de abrir com uso seguro, o ginásio vai ser usado pelos nossos alunos para as aulas de educação física e pela comunidade”, adianta a diretora-geral do Ceres, Patrícia Sunyê.

Essa abertura ao público em geral mencionada pela gestora da Udesc de Laguna será voltada às entidades sem fins lucrativos, como organizações não-governamentais ou escolas, que precisem de um local para fazer eventos. “O ginásio é da Udesc, mas vai ser também da comunidade”, reforça.

A executora da obra do ginásio é a empresa Zaneli Serviços Elétricos, de Tubarão. Os recursos, na ordem de R$ 178.841,87, são oriundos da própria universidade.

Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

Obras no Ceres

Além do ginásio, a são realizadas obras na estrutura do campus. O auditório menor da universidade, mais usado pela comunidade, passa por reforma para melhor atender ao público. O telhado do espaço está sendo trocado pela empresa Basecom Construções, de Braço do Norte. A instituição investiu R$ 267,3 mil na obra, cujo prazo de conclusão é 90 dias.

“A Udesc está fazendo a manutenção que deve e melhorando cada vez mais seu campus de Laguna”, observa Gonçalves.

Segundo Patrícia, a universidade também pretende expandir as ações do Ceres na cidade, aproveitando os espaços que possui na praia do Gi, em especial o Restaurante Escola. “Findando a obra do auditório e do ginásio, a próxima da lista é do restaurante. O projeto está pronto e como não deu para fazer [a licitação] ano passado, vai passar por atualização de orçamento”, explica.

No prédio, é necessário rever a instalação elétrica e a rede de gás, esta inexistente, entre outros pontos. “Vai ser usado plenamente todos os equipamentos ali e já estamos fazendo parcerias com instituições para ter cursos de capacitação ou de extensão, que serão abertos às comunidades”, prevê a diretora.

Notícias relacionadas