Divulgação

Faleceu na manhã desta segunda-feira, 18, no Hospital Socimed, em Tubarão, Graciano Manoel da Rocha aos 63 anos, vítima de complicações da Covid-19. Ele deixa esposa e dois filhos.

Segundo apurado, Graciano, que morava no bairro Cabeçuda, estava há cerca de 35 dias internado na unidade hospitalar após ser diagnosticado com o vírus. O óbito ocorreu por volta das 7h15.

Rocha, que era subtenente da reserva na Polícia Militar, e atualmente estava na ativa como segurança da Secretaria Estadual da Fazenda em Tubarão, teve infecção renal, o que agravou seu quadro.

O velório ocorrerá na Capela Mortuária Cristo Rei, no Centro de Laguna, a partir das 13h30. Às 15h30, o corpo seguirá para ser cremado na cidade de Capivari de Baixo.

Com isso, Laguna passa a registrar 48 mortes em decorrência do novo coronavírus. A confirmação deve ocorrer no final do dia com a atualização do boletim epidemiológico da prefeitura.

Em nota, a PM de Laguna lamentou a perda. ” É com pesar que o comando do 28º Batalhão de Polícia Militar informa o falecimento do subtenente da reserva, Graciano Manoel da Rocha, ocorrido na manhã desta segunda-feira, dia 18, no Hospital Socimed, em Tubarão. Jamais sejam por nós esquecidos”.