Divulgação/PC Laguna

A Polícia Civil concluiu neste fim de semana o trabalho preventivo, em Laguna, voltado à conscientização de pais e responsáveis sobre o desaparecimento de crianças que podem acontecer nas praias.

Em dois dias, os policiais distribuíram 1,7 mil pulseiras de identificação para os banhistas das praias Central, Iró, Gi, Camacho, Cardoso, Prainha do Farol, Teresa e Itapirubá. Outros 327 adesivos foram entregues.

“Nosso intuito é aproximar a Polícia Civil dos cidadãos e, sobretudo auxiliar na prevenção do desaparecimento de crianças e vulneráveis, o que sempre gera uma grande preocupação e possível trauma familiar se vier ocorrer”, afirma o delegado regional de Laguna, Raphael Giordani.

As pulseiras servem para que os pais coloquem dados como os contatos telefônicos para que, caso a criança se perca, seja fácil entrar em contato com seus responsáveis. O material é a prova d’água.

A projeção é entregar pelo menos 20 mil pulseirinhas em todo o litoral desde o Norte ao Sul do estado. A ação também ocorre em locais públicos como terminais rodoviários e aeroportuários. Os policiais devem retornar em breve para continuar a atividade.