Idosa de 98 anos e profissionais de saúde são os primeiros vacinados em Laguna

Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 628 visualizações,  4 views today

Começou oficialmente na manhã desta quarta-feira, 20, o trabalho de imunização contra coronavírus no município em Laguna. Três moradores foram os primeiros a receber a aplicação da dose inicial da Coronavac, imunizante produzido pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac. Serão 275 pessoas vacinadas no primeiro momento.

A primeira a receber a dose foi uma idosa. Lealcina da Silva Lopes, 98 anos, acolhida em uma casa de repouso na cidade. “Estou me sentindo bem”, resumiu.

Coordenador das ações de combate ao novo coronavírus em Laguna, o enfermeiro Fernando di Frank foi o segundo a ser vacinado. Com 20 anos de atuação na saúde, ele se mostrou honrado em representar os colegas no ato.

“Não tenho outra palavra para expressar senão gratidão por ter passado toda essa jornada. Estou desde março à frente do serviço epidemiológico em relação à Covid no município. São dez meses de luta e hoje começamos uma nova etapa que nos dá muita esperança”, falou.

Também foi vacinado o médico Oscar Fretta, representando a equipe de profissionais que atua no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). “É totalmente indolor, se comparado a outras vacinas que o pessoal está acostumado como a da H1N1. Quanto à eficácia dela de 50,3% é o esperado na maioria das vacinas que temos no país. A população pode ficar tranquila; quando chegar venha se vacinar”, afirmou.

Vacinação contra covid dará preferência aos profissionais da linha de frente

A escassez de doses na primeira etapa fez com que o município desse prioridade aos profissionais que atuam na linha de frente do combate ao novo coronavírus, como os servidores da epidemiologia, aplicação de vacina e centro de triagem, Samu e funcionários dos setores de emergência e terapia intensiva do hospital de caridade com contato direto com vírus. As pessoas que já tiveram infecção confirmada por Covid-19 não serão vacinadas nesse primeiro momento.

Nessa primeira etapa, também entram os idosos com mais de 60 anos institucionalizados, ou seja, acolhidos em instituições de longa permanência como casas de repouso e asilos. O quantitativo de doses que veio para Laguna permite a imunização de 30 pessoas nesse grupo. Para profissionais da saúde, são 245 doses.

“A gente priorizou quem não teve Covid, não positivou. Mas em um segundo momento, todos os profissionais de saúde serão vacinados”, garante a secretária de Saúde de Laguna, Gabrielle Siqueira. Ainda de acordo com a gestora, apesar de o Ministério da Saúde prever imunização para idosos acima de 75 anos na primeira fase, devido à quantidade escassa de doses, esse grupo ficará para as próximas etapas.

Em duas semanas, a cidade recebe um novo carregamento de ampolas para reforçar a dose aplicada nesta quarta-feira. Não há previsão de uma nova remessa para que o município possa imunizar mais pessoas. O envio é feito pelo ministério para o Governo de Santa Catarina que, então, distribui às cidades.

Previous
Next