Cinco são presos suspeitos de matar homem desaparecido

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 2,176 visualizações,  16 views today

Cinco pessoas foram presas com suspeita de envolvimento na morte de Ademir Matos, 54 anos, encontrado sem vida na manhã desta sexta-feira, 22, após 20 dias desaparecido. A Polícia Civil realizou várias operações nos últimos dias para tentar localizar o homem.

O caso foi investigado pelos policiais da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Laguna após ter sido registrado boletim de ocorrência na delegacia de Imbituba, onde a vítima morava, informando de seu desaparecimento. Os agentes descobriram que Matos foi visto pela última vez em um luau na Praia do Gi, no dia 2 de janeiro.

As investigações feitas por três semanas contínuas e possibilitaram descobrir que a vítima veio para Laguna acompanhado de alguns outros homens, e, com eles, fez uso de drogas e ingestão de bebidas alcoólicas.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Diante dessa informação e confrontando versões apuradas, os policiais da divisão fizeram operações que localizaram e resultaram na captura das cinco pessoas. O corpo de Ademir foi encontrado em avançado estado de decomposição nas proximidades do Sítio Paraíso.

Ele teria sido enforcado com uma corda por um dos ocupantes do veículo, onde estavam, e após isso atiraram o corpo em um pequeno valo com água, nas proximidades da estrada geral da localidade, tentando ocultá-lo.

“O caso vem sendo tratado como latrocínio consumado e ocultação de cadáver, já que, ao que apurado, valores oriundos do bolso das vestes da vítima e um aparelho celular seus haviam sido subtraídos. Ainda, que após interrogatório e um ato de acareação, três deles confessaram o crime em apreço”, explica Bruno Fernandes, delegado-coordenador da DIC.

As investigações devem ser concluídas em 30 dias.

Previous
Next