Todas as regiões de saúde de SC estão em nível gravíssimo, diz governo

Divulgação/Secom-SC
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 364 visualizações,  4 views today

Pela primeira vez desde que começou a ser avaliada, a matriz de risco potencial do estado de Santa Catarina está com todas as regiões de saúde em alerta gravíssimo (cor vermelha) para a proliferação do novo coronavírus. O mapa foi publicado na manhã desta quarta-feira, 23, pelo Governo de Santa Catarina e Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Em relação ao mapa da última sexta-feira, 18, a região de Xanxerê, que era a única em estado grave, foi classificada para o nível gravíssimo. De acordo com o Estado, relativo à capacidade de atendimento que leva em conta a taxa de ocupação de UTIs, somente as regiões do Extremo Oeste e Xanxerê estão em nível grave, todas as outras estão em vermelho.

Os dados alertam para o aumento na transmissibilidade em mais da metade das regiões está em nível gravíssimo. Na última matriz apenas as regiões Nordeste e Meio Oeste estavam nesse patamar.

Outro dado alarmante é referente ao número de mortes que cresceu nas regiões do Alto Vale do Rio do Peixe, Carbonífera, Extremo Sul, Foz do Rio Itajaí, Laguna e Serra Catarinense. Desde o dia 18 de dezembro, Santa Catarina registrou 15.081 novos casos e 184 mortes causadas pela covid-19.