#SóAcho: Que a conta vem, a que preço ainda não se sabe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 296 visualizações,  4 views today

TEM UNS AÍ que ainda não estão levando a sério tudo o que vem ocorrendo no mundo, parece até que estão no mundo da lua onde nada acontece em sua volta. Aqui em nossa cidade não é diferente, enquanto uns estão em quarentena sempre que possível, outros fazem questão de estarem em grupos participando de festas, baladas e similares. Fiscalização deixa muito a desejar, infelizmente, parece que fazer vistas grosas fica mais fácil. A conta vem, a que preço ainda não se sabe.

Divulgação / PMT

LÁ EM TUBARÃO a força-tarefa de fiscalização do decreto normativo da pandemia do município, interditou na noite do último final de semana dois estabelecimentos do tipo bar/pub nas imediações da Unisul. Os locais infringiram as normas estabelecidas no decreto municipal. Aqui por nossa cidade a coisa é bem diferente. Se um dia teve força-tarefa, agora ninguém fala mais nada, nem da força e tão pouco da tarefa necessária de fiscalização.

SEM O PAPAI-NOEL, mas em clima de Natal. Claro que tudo que vem acontecendo deixou de fora um momento normal, na verdade vivemos sem saber do amanhã. Mesmo assim, nossa cidade não deixou de ganhar um colorido todo especial para esperar o bom velhinho.

Foto: Carla Medeiros / Agora Laguna

CULPAR A QUEM ? Acho que foi por um conjunto de fatores que novamente chegamos a esses números no que se refere a pandemia. Primeiro podemos citar que bem antes das eleições os números vinham em uma decrescente, em seguida começaram a subir sem que muitos notassem. Segundo, a população achou que estava voltando ao normal, e relaxou por completo. Terceiro, veio as eleições e o momento pandêmico saiu do foco. Quarto, eleição e vários candidatos foram às ruas, somando a isso a turma na rua no ‘novo normal’ fez com que a curva começasse a subir descontroladamente. A maioria aprendeu? Respondo que não. Basta ver stories, fotos e postagens diversas, onde muitos estão todos juntos e misturados em restaurantes, bares e similares e até bailões. Cito ainda um quinto momento, onde observamos muitos acreditando na vacina e pelo que venho acompanhando ainda vai demorar um tempo. Não adianta governo federal, estadual e municipal fazerem a sua parte se a população não puxar o freio de mão. Minha opinião.

Divulgação

NOVO RECORDE, porém, não para ser comemorado. No boletim informativo do dia 9 de dezembro a prefeitura divulgava novos 191 casos de contaminação pelo novo coronavírus. Entre testes realizados no LACEN, postos de saúde e centro de triagem, esse número assustou a muitos, porém, sabemos que podemos multiplicar mais ainda esses casos de confirmações. Muitos não estão nem aí e continuam nas ruas como se nada tivesse acontecido e cada vez mais proliferando essa contaminação. Para alguns, o tratamento vai ser simples, basta fazer a quarentena recomendável, para outros vai complicar necessitando até de internação simples. Porém, para poucos, a UTI é a única maneira de tentar conter o estrago que o vírus causa no organismo. Alguns irão voltar para casa, mas outros, infelizmente, não irão conseguir vencer, vindo a óbito. Continuem brincando com esse momento sério, continuem extrapolando com atitudes mesquinhas, continuem a contar com a sorte, porém não se esqueça, outros podem não ter um final feliz com as suas atitudes irresponsáveis. Só acho.

MÊS DE NOVEMBRO: O vírus mostrou sua força em nossa cidade, no que se refere ao número de infectados. No total até o dia 10 de dezembro foram 569 casos confirmados, sendo 274 do sexo feminino e 295 do sexo masculino. Certamente com os dados de hoje podemos superar os números de novembro já nos primeiros dias do mês, onde foram registrados 641 casos confirmados.


ELVIS PALMA – Funcionário público estadual, formado em administração de empresas e fotógrafo. Escreve às sextas-feiras, na coluna #SóAcho, com fatos e fotos da cidade de Laguna.

As informações e opiniões expressas no texto não representam o pensamento do Portal Agora Laguna.

Os artigos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Agora Laguna.

Útimas Notícias

Relacionados

Previous
Next