Divulgação

Vários relatos de importunação sexual na praia de Itapirubá Sul e Norte chegaram ao conhecimento da Polícia Civil de Imbituba, que abriu uma investigação para apurar os fatos contados.

Os primeiros relatos são de setembro e continuaram em outubro. Uma das vítimas conta que saiu para passear na praia com seus cães de estimação, quando viu um homem de bicicleta lhe seguindo, mostrando os órgãos genitais e olhando fixado para ela. “Ainda estou tentando entender o que está ocorrendo na nossa praia. Estamos vivendo com medo”, diz.

Um dos casos registrados na delegacia de Imbituba é o de uma jovem de 19 anos. No relato à polícia, ela conta que ao sair de casa foi seguida por um homem de carro, mas que conseguiu afastá-lo ao conversar com outra pessoa. A perseguição continuou nos dias seguintes, com o homem chegando a ir incomodá-la em seu local de trabalho.

Outro depoimento que a Redação do Portal Agora Laguna teve acesso é de uma banhista na Lagoa do Timbé, que fica nas proximidades da praia. A jovem conta que estava pegando sol e quando foi se levantar viu um homem a cerca de 5 metros se masturbando e rindo do desespero dela. “Eu fiquei em choque, gritei muito. Quando me via chorar, aí mesmo que debochava”, relatou.

A reportagem conversou com delegados da Polícia Civil de Imbituba, que confirmaram a investigação, mas não podem passar mais detalhes devido ao sigilo do tema. Vítimas de importunação sexual ocorridas na região de Itapirubá podem registrar boletim de ocorrência através da delegacia ou pela internet, acessando aqui.