Reprodução

Novo mapa de risco da Secretaria de Estado da Saúde (SES), atualizado nesta terça-feira, 24, manteve a região da Amurel, composta por 18 cidades (incluindo Laguna e Pescaria Brava), como em nível gravíssimo de propagação do coronavírus. A diferença da classificação anterior é que há apenas três regiões de saúde em nível grave e outras 13 avaliadas como gravíssimo.

A informação foi divulgada nesta terça-feira pelo jornalista Raphael Faraco, da NSC TV, em uma rede social. Esse novo mapa pode ser justificado pelo crescimento veloz de casos e de óbitos, somado à ocupação recorde nos leitos de UTI em Santa Catarina. Mais cedo, o hospital de Laguna alcançou 100% de ocupação total no setor de terapia intensiva.

Estão em nível grave as regiões da Foz do Itajaí, Alto Uruguai e Extremo Oeste. Não há localidades em nível azul (moderado) ou amarelo (alto).

Além da Amurel, estão avaliadas em nível vermelho (gravíssimo), as regiões Oeste, Xanxerê, Meio Oeste, Alto Vale do Rio do Peixe, Serra, Alto Vale do Itajaí, Planalto Norte, Nordeste, Médio Vale do Itajaí, Carbonífera, Extremo Sul e Grande Florianópolis.