Candidatura à reeleição de Deyvisonn de Souza, em Pescaria Brava, segue mantida, decide TRE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 424 visualizações,  8 views today

Por unanimidade, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Santa Catarina decidiu manter a candidatura à reeleição do atual prefeito de Pescaria Brava, Deyvisonn de Souza (MDB). A coligação Juntos por Pescaria Brava (PDT/PSDB/PSD/PSL) ingressou com recurso na corte para que a liminar que liberou o registro do emedebista fosse desconsiderada e a decisão inicial do indeferimento, mantida.

A sessão foi realizada pela internet e ocorreu nesta segunda-feira, 9. O argumento da coligação do PDT era que a liminar, obtida pelo atual prefeito em 20 de outubro, não se enquadraria nas condições da Lei Complementar 94/1990, por ter sido concedida após o registro da candidatura. A tese não foi levada adiante.

Souza foi tornado inelegível pela Câmara de Pescaria Brava por ter tido, em junho, as contas da prefeitura do ano de 2017 rejeitadas. O prefeito argumentou que a sessão foi nula e conseguiu uma liminar no Tribunal de Justiça que confirma essa visão, com o desembargador reconhecendo que não foi lhe garantido o direito de defesa.

Em uma rede social, Deyvisonn de Souza, que sempre manteve um tom de tranquilidade sobre o assunto, celebrou: “Tentam derrubar, mas não conseguem. Deus é mais”. O emedebista disputa a quinta eleição, sendo a terceira pelo município de Pescaria Brava.

Notícias relacionadas

Previous
Next