Divulgação

A conta de energia elétrica em Santa Catarina pode sofrer um aumento de médio de 8,14% nos próximos dias. Isso porque, o Tribunal Regional Federal da 4° Região (TRF4) concedeu liminar que suspende a determinação de primeira instância, na Justiça Federal de Florianópolis, que derrubava o aumento da energia elétrica por conta da pandemia do coronavírus e a crise financeira.

A autorização para a Celesc aplicar o reajuste foi dada pelo desembargador Ricardo do Valle Pereira. A ação inicial contra o aumento foi feita pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE), a pedido do Procon estadual. O órgão aponta que o acréscimo é de 350% acima da inflação. A Celesc, entretanto, recorreu ao TRF4 e a decisão foi emitida um mês e meio depois do recurso.

Em nota, a Celesc afirmou que “a distribuidora analisa agora os procedimentos para a implementação da decisão”.

Balanço Operação Finados 2020

A Polícia Rodoviária Federal encerrou à meia-noite desta segunda-feira, 2, a Operação Finados 2020, que iniciou no dia 30 de outubro em todo o Brasil, totalizando quatro dias de fiscalização especial.

Nas rodovias federais que cortam Santa Catarina, a PRF registrou aumento no número de acidentes, feridos e mortos em relação ao mesmo período em 2018 (lembrando que ano passado não houve feriadão prolongado).

                         2018  / 2020 / Var. 18/20
Acidentes:    90       98    + 8,8%
    Feridos:      104    117  + 12,5 %
Mortos:       04        06   + 50 %

Os seis acidentes com mortos aconteceram na BR-101 em Itajaí (atropelamento de pedestre), na BR 101 em Paulo Lopes (colisão frontal), BR 280 em Rio Negrinho (colisão lateral), BR 158 em Cunha Porã (colisão frontal), BR 470 em Gaspar (atropelamento de pedestre) e na BR 282 em Alfredo Wagner (saída de pista).

Durante a Operação, a PRF em Santa Catarina cumpriu seu papel, realizando intensa fiscalização de trânsito. Infelizmente, centenas de condutas perigosas foram flagradas pelos policiais em apenas quatro dias:
– Motoristas dirigindo sob efeito de álcool: 96
– Ultrapassando em local proibido: 452
– Motoristas ou passageiros sem cinto de segurança: 416
– Crianças sendo transportadas sem cadeirinha: 38
– Condutor manuseando o celular: 73

O combate ao crime durante o feriadão apreendeu ainda 380 mil maços de cigarros contrabandeados e 564 quilos de maconha. Além disso, seis veículos roubados foram recuperados e 42 pessoas foram detidas por motivos diversos.

Vagas de atendimento seguem abertas na CCR ViaCosteira

Interessados em participar do processo seletivo para as vagas de atendimento e monitoramento, disponibilizadas pela CCR ViaCosteira, devem cadastrar seu currículo no site www.grupoccr.com.br, por meio da plataforma Kenoby, em ‘Contato’ e ‘Trabalhe Conosco’.

Esses profissionais vão integrar as equipes de atendimento ao usuário 24 horas ao longo do trecho que a CCR ViaCosteira administra, na BR-101 Sul, em Santa Catarina.

Os pré-requisitos para as vagas de atendimento são ter acima de 18 anos, ensino fundamental completo e disponibilidade de horário. As principais atividades são atendimento ao cliente, classificação e cobrança de tarifas de pedágio, abertura e fechamento das faixas de pedágio. Ter conhecimento em atendimento ao público e experiência com caixa são diferenciais.

Já as vagas para monitoramento têm como principais atividades: inspeção de rodovia e sinalização viária; combate a incêndios e recolhimento de animais, operação de guincho leve ou pesado com plataforma hidráulica e atendimento em geral ao cliente da rodovia. Os interessados devem ter acima de 18 anos, ensino fundamental completo, Carteira de Habilitação (CNH) categoria D, disponibilidade de horário e experiência como motorista.

A empresa oferece salário, mais pacote de benefícios, como planos de saúde e odontológico, vale alimentação ou refeição, e previdência privada. Essas vagas são destinadas para Paulo Lopes, Imbituba, Laguna, Tubarão, Treze de Maio, Jaguaruna, Araranguá, Maracajá, Santa Rosa do Sul e São João do Sul.

Durante o período de concessão, a empresa prevê a contratação de 3,7 mil empregos diretos e indiretos na região, sendo que mais de 1 mil pessoas já foram contratadas até agora.

Eleitor tem até esta quinta para solicitar a 2ª via do título

Termina nesta quinta-feira, 5, o prazo para o eleitor solicitar a segunda via do título no cartório eleitoral da zona onde está cadastrado. A previsão consta do calendário das Eleições Municipais de 2020.

Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Para a emissão da segunda via do título, o eleitor deve estar quite com a Justiça Eleitoral, ou seja, não pode ter débitos pendentes – como multas por ausência às urnas ou aos trabalhos eleitorais, como o de mesário – ou ainda ter recebido multas em razão da violação de dispositivos do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965), da Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) e leis conexas.

Outros documentos

O título eleitoral não é o único documento que possibilita a participação nas eleições. O eleitor pode se apresentar à mesa de votação trazendo consigo qualquer documento oficial com foto, como a carteira de identidade ou a carteira de motorista.

O cidadão cuja inscrição eleitoral estiver em situação regular tem como alternativa ao título de papel a versão digital do documento, o e-Título, que pode ser obtido gratuitamente nas lojas virtuais Apple Store e Google Play.

O e-Título serve como documento de identificação do eleitor caso ele já tenha feito o cadastramento biométrico. Isso porque a versão digital será baixada com foto, o que dispensa a apresentação de outro documento no momento do voto.

O aplicativo também informa o local de votação e, por meio de ferramentas de geolocalização, guia o usuário até sua seção eleitoral. Além disso, o app oferece serviços como a emissão de certidões de quitação eleitoral e negativa de crimes eleitorais.

O local de votação ainda pode ser conhecido no Portal do TSE, na seção Serviço ao eleitor > Local de votação, localizada no menu lateral direito da homepage do site. A consulta pode ser feita pelo nome do eleitor ou número do título, data de nascimento e nome da mãe.

Antecipação do auxílio-doença

A antecipação do auxílio-doença, adotada pelo governo durante a pandemia de Covid-19, será paga aos beneficiários pelo período definido no atestado médico, limitado a até 60 dias, mas não poderá exceder o dia 31 de dezembro, quando terminam os efeitos do decreto de calamidade pública em razão da pandemia. 

Instituída em abril, a medida foi prorrogada novamente na semana passada para requerimentos de auxílio-doença feitos até 30 de novembro. A prorrogação foi regulamentada por uma portaria conjunta do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, publicada nesta terça-feira, dia 3, no Diário Oficial da União.

O prazo máximo de pagamento é até 31 de dezembro, mas há a possibilidade de o segurado apresentar pedido de revisão para fins de obtenção integral e definitiva do auxílio-doença, na forma estabelecida pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Novembro Azul: Campanha alerta para cuidados com a saúde do homem

Neste mês que se inicia as atenções ficam voltadas à saúde do homem. A campanha Novembro Azul busca conscientizar sobre as doenças masculinas, em especial o câncer de próstata, que de acordo com dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) é a segunda doença que mais mata homens em Santa Catarina.

O câncer de próstata é silencioso e apresenta sintomas apenas nos estágios mais avançados, por isso a importância da prevenção. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), a partir dos 45 anos todo homem deve se consultar com um urologista anualmente para fazer o exame preventivo. Com duas exceções, pessoas que têm histórico familiar de câncer de próstata e homens negros, que possuem de duas a três chances a mais de desenvolver a doença. Nesses casos, o exame preventivo deve começar aos 40 anos.

De acordo com o médico urologista José Orlando de Farias Júnior, muitas vezes por medo ou desconhecimento, homens deixam de fazer a consulta e só vão ao médico quando os sintomas começam a afetar sua qualidade de vida. O câncer de próstata pode se manifestar na dificuldade para urinar, dor nas costas, cansaço constante ou emagrecimento drástico sem causa aparente. O médico alerta para a complexidade do tratamento conforme a doença avança. “Prevenção é tudo. Tudo que você consegue detectar no início a solução é muito mais simples, muito mais rápida e tranquila”, sintetiza.

Por razões sociais muitas vezes o homem negligencia a própria saúde em nome do status de infalível, como afirma o urologista. Segundo ele, a campanha do novembro azul aprende com o exemplo feminino. “É muito importante essa atenção que a sociedade dá no mês de novembro, porque a saúde masculina é um assunto que está sendo construído aos poucos. O homem por uma questão cultural acaba se achando super-homem. Essas campanhas alertam que o homem não é imune a algumas doenças. A gente tenta se aproximar do que já se construiu com a saúde feminina. As mulheres têm muito a nos ensinar, porque culturalmente tem esse cuidado e essa preocupação com a saúde”, explica.

O tabu em torno do exame de toque retal

A cada dia 42 homens morrem em decorrência do câncer de próstata e aproximadamente 3 milhões vivem com a doença, segundo dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) do Datasus (2017). Cerca de 20% dos casos de câncer de próstata não conseguem ser diagnosticados através do exame sanguíneo (PSA). Por essa razão, a importância do exame de toque retal.

O urologista explica que o exame dura apenas 10 segundos, tempo que pode tirar um homem das estatísticas. O exame de toque retal permite que o médico avalie possíveis alterações na glândula, como o endurecimento, sendo o método mais preciso para a identificação de nódulos suspeitos.

Atenção para a alimentação

A campanha não se limita apenas a homens que já chegaram a idade do exame anual. O Novembro Azul chama atenção para o cuidado integral da saúde masculina ao longo de toda a vida. Muitos estudos apontam que uma vida saudável diminui as chances do desenvolvimento do câncer de próstata.

Evitar o consumo excessivo de gordura, principalmente a animal, e controlar o peso, auxiliam na prevenção da doença. O médico recomenda ainda a ingestão de tomate. “Especialmente no câncer de próstata, existe uma substância chamada licopeno, encontrada no tomate, que é um preventivo para próstata. Então aqueles pacientes que gostam de tomate, a gente recomenda o consumo dele e também do extrato de tomate, que é bem concentrado e tem um efeito profilático na saúde da próstata”, finaliza.