Ilustrativa

Começou nesta sexta-feira, 9, a participação no horário eleitoral de rádio dos candidatos à prefeitura de Laguna. A propaganda vai ser veiculada até o dia 12 de novembro em dois horários: das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10.

O tempo de cada candidato varia, indo de pouco menos de 30 segundos a mais de três minutos. O cálculo é feito com base nos partidos que integram a coligação e no tamanho da bancada que cada uma dessas legendas tem na Câmara dos Deputados.

Confira abaixo – e ouça – o que disse cada candidato em sua primeira manifestação no horário eleitoral gratuito. A ordem segue a determinação de veiculação definida pela Justiça Eleitoral:

Evandro Farias (PL) – Primeiro a falar, o candidato dispensou apresentação locucionada e optou por um programa voltado ao discurso direto com o eleitor. “Muitos amigos abraçamos ao longo da caminhada e hoje, como candidatos conseguimos ver a expressão em cada gesto e olhar de que nossas histórias de vida nos levaram para esse momento que estamos vivendo”, disse Farias.

Preto Crippa (DEM) – O candidato focou em se apresentar para o eleitorado, falando da trajetória de vida. “Minha maior inspiração para estar na vida pública vem do meu avô, o saudoso e querido Alberto Crippa, que foi prefeito de Laguna e que até hoje ouço inúmeras histórias e testemunhos”, resgatou. “Precisamos projetar nosso futuro – não há dúvidas; mas o trabalho precisa começar agora”, enfatizou Crippa.

Gilberto Sousa (PSC) – O candidato não enviou programa no tempo hábil para reprodução pelas emissoras de rádio, segundo apurado pela reportagem.

Mauro Candemil (MDB) – Disputando a reeleição, o candidato aproveitou o tempo no rádio para fazer o convite para o debate eleitoral de sábado e adiantou que os programas serão focados na divulgação dos projetos realizados e os que têm intenção de fazer. “Nossa caminhada será justa, de projetos e de muito respeito. Vamos mostrar que, com vontade e trabalho, muito se faz como fizemos”, anunciou Candemil.

Samir do Kilojão (PSL) – Assim como os demais, o candidato também se apresentou aos eleitores e justificou a decisão de se candidatar à prefeitura. “Sou inconformado com a situação da cidade, com todo o potencial que nós temos; seja na área da pesca, no turismo, o nosso comércio também. Temos muito a fazer por Laguna e tomei isso como opção pessoal”, explicou Samir.

Paulinho da Magapavi (Solidariedade) – Diferente dos concorrentes, o programa trouxe a apresentação do candidato a prefeito e da vice. “Como empresário sei do potencial de nossa cidade. Quero aproveitar minha experiência, para desenvolvê-la especialmente no turismo e na geração de emprego e renda”, discursou Paulinho. “Queremos recuperar a qualidade, na saúde, na educação e áreas essenciais para o cidadão”, falou Tanara.

Confira os tempos na propaganda em bloco:

  • Coligação Laguna pode mais (PSL/PSD/PSDB/PRTB) – 3 minutos e 22 segundos
  • Coligação Laguna tem pressa (Solidariedade/PT) – 2 minutos e 1 segundo
  • Coligação A mudança que Laguna quer (DEM/Republicanos) – 1 minuto e 48 segundos
  • Coligação Transforma Laguna (PL/Cidadania) – 1 minuto e 18 segundos
  • MDB – 1 minuto e 6 segundos
  • PSC – 23 segundos