Geração de empregos tem leve queda em setembro, em Laguna

Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 360 visualizações,  4 views today

Divulgados oficialmente nesta quinta-feira, 29, os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) relativos ao mês de setembro, mostram que Laguna teve saldo negativo e Pescaria Brava, positivo na geração de empregos. Os dados são Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia.

Setembro foi o quinto mês do ano em que o número de baixas na Carteira de Trabalho foi maior que o de contratações. Laguna teve nove demissões a mais que admissões, mas o número é menor, se comparado com os meses de março, abril e maio, quando a cidade extinguiu mais de 200 postos de trabalho formais – reflexos na economia causados pela pandemia do novo coronavírus.

Entre junho e agosto, o município vinha tendo alta na geração de empregos. No acumulado geral do ano, a cidade tem saldo negativo. Apesar de contratar 2.031 pessoas, demitiu 2.249, ficando com 218 vagas geradas a menos. Atualmente, em Laguna, há mais de 5,4 mil empregados com carteira assinada.

Saldo positivo em Pescaria Brava

A cidade registrou a admissão de 28 pessoas e a demissão de 18, gerando saldo positivo ajustado de dez contrações. O município teve saldo negativo em março (seis vagas a menos) e maio (três), e positivo nos meses de janeiro (11 postos de trabalho a mais), fevereiro (1), abril (8), junho (6), julho (11) e agosto (13).

Já no acumulado do ano, o jovem município aparece como tendo gerado 205 postos e desligado 154 trabalhadores, ficando com saldo positivo de 51 vagas. O Caged mapeia quase 400 empregados com carteira assinada na cidade.