Evandro Farias (PL): ‘Vamos enxugar a máquina de um jeito que nunca foi enxugada’

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 456 visualizações,  12 views today

Entrevistado na noite de segunda-feira, 5, o candidato a prefeito Evandro Farias, da coligação Transforma Laguna (PL/Cidadania), foi o segundo a ser ouvido pelo programa Senadinho da Difusora. A atração foi ar pela Rádio Difusora de Laguna com retransmissão online pelo Portal Agora Laguna.

Farias em suas primeiras manifestações ressalvou que apesar de ter nascido em Porto Alegre (RS), veio aos quinze dias de vida para Laguna e evocou a todo momento a origem familiar ligada às comunidades do distrito de Ribeirão Pequeno e ao bairro Cabeçuda. Militar há 17 anos, ele afirmou que sua candidatura surgiu por “amor à cidade”. “Sempre fui instigado pelos meus pais a servir às pessoas e pela igreja também”, relata.

O candidato do PL ao ser perguntado se conhecia a realidade financeira da cidade, disse que há uma equipe estudando. “Andei acessando muito o Portal da Transparência e é assustador. Estamos nos limites fiscais inclusive. A gente tem ali um dado financeiro que não é muito legal: foi feito uma estimativa e a gente está no negativo – e isso não é de hoje, é de ano após ano”, observou. Na análise da gestão, afirmou que pretende reduzir a máquina com corte de comissionados. “Vamos precisar enxugar a máquina de um jeito que nunca foi enxugada”, propôs.

O liberal também garantiu que manterá diálogo com a Câmara, não importando se for oposição. “O que me preocupa é o olhar pela cidade, independente de quem esteja nas treze cadeiras do Legislativo”, afirmou. “Gestão é uma junção de várias engrenagens […] gosto de muito de conversar, então acredito que conversaria muito com os amigos do Legislativo e iria chegar um ponto comum: transformação da cidade”, resumiu.

Ao falar do plano de governo defendido pela coligação, Farias afirmou que a construção das propostas surgiu há cinco anos, ao responder uma pergunta sobre como seria Laguna em 2050. “Isso me motivou a escrever. E quem está na cadeira são as pessoas que direcionam essas políticas [públicas voltadas ao futuro]”, comenta.

Ainda sobre o plano de governo, Farias deu a entender que o norte de suas propostas são voltadas ao desenvolvimento tecnológico e na área da segurança pública, propôs a criação de uma ‘polícia turística’ e o uso massivo da Guarda Municipal em áreas remotas, inclusive com o armamento. “A Guarda Municipal precisa estar em todos os cantos da cidade”, analisou. “Não tem como mais a gente ver um agente de polícia sem armamento […] O que vale mais nem sempre é o armamento – que é uma questão de segurança – mas sim, a formação”, concluiu.

Evandro dos Passos Farias tem como candidato a vice, o professor de capoeira Luís Everton Rodrigues Fernandes (Crespo), do Cidadania. Essa é a primeira eleição que ele disputa em Laguna após 17 anos na Polícia Militar, com experiência em gestão de projetos voltados à segurança como a Rede de Vizinhos.

Senadinho da Difusora

Senadinho da Difusora vem sendo apresentado com enfoque nas eleições municipais de novembro. Na próxima sexta-feira, 9, o programa entrevista o candidato a prefeito de Pescaria Brava, Everaldo dos Santos (PDT). E na segunda-feira, 12, o candidato a prefeito de Laguna, Samir Ahmad (PSL).

Notícias relacionadas