Foto: Divulgação

Há pelo menos três meses, cães de estimação têm aparecido mortos com suspeita de envenenamento no bairro Barranceira, região Norte de Laguna. Nas últimas 24 horas, mais cinco animais perderam a vida.

O caso tem gerado revolta e preocupação nos moradores da localidade. “Perdemos cinco animais e todos têm donos. Precisamos de ajuda para conseguir uma solução”, lamenta uma moradora do bairro.

Os donos dos pets já registraram boletim de ocorrência na polícia. A situação tem se tornado recorrente na cidade. No começo de setembro, cães também apareceram mortos no Gi. “A cultura, hoje, infelizmente é de matar. Mas não é assim. Todos têm direito de respirar, de ter seu espaço, seu animalzinho de estimação. Porém, tem pessoas que não entendem”, diz uma voluntária da causa animal.

Também em setembro foi endurecida a Lei de Crimes Ambientais que ampliou a pena para maus-tratos a cães e gatos. Segundo o texto, a punição agora é de dois a cinco anos de reclusão, com multa e proibição de guarda, e o autor do crime passa também a ter registro de antecedentes criminais.