Reunião do PSD em janeiro: Patrik Paulino, agora ex-presidente discursa no microfone, observado por Júlio Willemann, que assume a função. Foto: Arquivo/PSD Laguna

O Partido Social Democrático (PSD) de Laguna sofreu intervenção da Executiva estadual e teve a diretoria municipal trocada. A comissão provisória vinha sendo comandada por Patrik Paulino, filho do vereador Adilson Paulino, e agora passa a ser liderada pelo vice-prefeito Júlio Willemann.

A decisão foi emitida nesta quinta-feira, 10, e é assinada pelo presidente estadual Milton Hobus. Segundo o documento, as modificações entram em vigor imediatamente e a nova direção ganha autorização para praticar todos os atos permitidos em estatuto e legislação eleitoral vigente.

“O diretório estadual tomou a decisão de intervir na executiva municipal certamente com intenção de melhor conduzir as diretrizes do partido e com manutenção da nossa pré-candidatura à prefeitura de Laguna”, alega Willemann, que se colocou à disposição do diretório para disputar a eleição.

O vice-prefeito garantiu que a convenção de domingo, 13, continua marcada e adiantou que a manutenção da aliança como o MDB será “reavaliada pela executiva”. Patrik Paulino e a direção estadual do PSD em Santa Catarina foram procurados pelo Portal Agora Laguna, mas preferiram não se manifestar neste primeiro momento.

O PSD é o segundo partido de Laguna que sofre intervenção em 2020. Em março, o PSDB aplicou a mesma medida com uma comissão provisória sendo criada.

Nova comissão, segundo resolução 143/2020 do PSD

  • Presidente: Júlio Willemann
  • Vice-presidente: Sandro José da Silva
  • Secretário-geral: Elias Vieira
  • Primeira-tesoureira: Karmensita Cardoso
  • Segundo-tesoureiro: Ronaldo Bonifácio

Observação: A foto usada na capa da matéria é registro de arquivo do portal, portanto feita antes do período da pandemia.