O prazo para registro de candidaturas às eleições de novembro foi encerrado neste sábado, 26, mas ainda há tempo para que os partidos façam as inscrições se for comprovado que houve dificuldade técnica no envio dos documentos pela internet. Em Laguna, até sábado, havia cinco candidatos registrados e agora, de forma oficial, a cidade tem seis concorrentes ao cargo de prefeito.

Os números da Justiça Eleitoral confirmam que Laguna terá uma das maiores eleições municipais em quantidade de candidatos, tanto para o cargo máximo do Executivo, quanto para o Legislativo. Foram 126 candidaturas a vereador registradas até às 19h.

Quatro candidatos concorrerão com coligação formada, sendo que apenas uma das alianças possui mais de dois partidos. Duas chapas serão puras, ou seja, composta exclusivamente por integrantes do mesmo partido.

As alianças fazem parte do jogo político e servem para construir uma base sólida de apoio. Em 2020, diferente dos outros anos, apenas são permitidas coligações para a eleição majoritária (cargos de prefeito e vice). Anteriormente, era possível criar alianças para as nominatas ao Legislativo.

Os candidatos a prefeito, vice e vereadores estão autorizados a partir deste domingo, 27, a fazerem suas campanhas eleitorais com pedido explícito de voto. A partir do próximo dia 14 de outubro, eles poderão fazer uso do horário eleitoral gratuito no rádio, que, assim como há quatro anos, será utilizado apenas para os candidatos a prefeito. Os concorrentes a vereador terão direito a inserções avulsas nos horários de intervalo comercial das três emissoras de rádio da cidade.

Portal Agora Laguna apresenta abaixo a relação dos candidatos registrados, em ordem alfabética e com os nomes de urna (quando diferirem do nome completo do concorrente) apresentados entre parênteses. Todas as candidaturas ainda passarão por análise da Justiça Eleitoral.

Veja os candidatos registrados

O policial militar Evandro dos Passos Farias, 38 anos de idade, lidera a chapa como candidato a prefeito pelo PL. Seu vice é o professor Luís Everton Rodrigues Fernandes (nome de urna: Crespo), 42, do Cidadania. A coligação Transforma Laguna é formada por PL e Cidadania, e tem 23 candidatos a vereador.

Divulgação

O carcinicultor Gilberto Sousa da Silva, 55, encabeça uma chapa pura do Partido Social Cristão (PSC). Sua companheira de dupla é a empresária Ariadna Crispim de Andrade, 39. O PSC havia conseguido registrar os candidatos a vereador, mas teve dificuldades no registro dos dois candidatos à majoritária o que só pôde ser realizado na terça-feira, 29.

Foto: Agora Laguna

O engenheiro eletricista e prefeito atual Mauro Vargas Candemil, 76, encabeça chapa como candidato a reeleição. Seu vice é o economista Marcos Aurélio Barzan, 76, que entrou na disputa pelo Executivo após o advogado e vereador Thiago Alcides Duarte, 30, renunciar à vaga de vice. O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) vai para a eleição em chapa pura, tendo 14 candidatos a vereador.

Divulgação/Agora Laguna

O empresário Pedro Paulo Alves (Paulinho da Magapavi), 54, é o líder da aliança como candidato a prefeito pelo Solidariedade. Sua vice é a advogada Tanara Cidade de Souza, 55, do PT. A coligação Laguna tem pressa é formada por Solidariedade e PT, e tem nove candidatos a vereador.

Divulgação

O jornalista e vereador Peterson Crippa da Silva (Preto Crippa), 41, lidera a chapa como candidato a prefeito pelo DEM. Seu vice é o médico Zeno Alano Vieira, 66, do Republicanos. A coligação A mudança que Laguna quer é formada por DEM e Republicanos, e tem 23 candidatos a vereador.

Foto: Agora Laguna

O empresário Samir Azmi Ibrahim Muhammad Ahmad (Samir do Kilojão), 54, encabeça chapa como candidato a prefeito pelo PSL. Seu vice é o servidor público e vereador Rogério Medeiros, 52, do PSDB. A coligação Laguna Pode Mais é formada por PSL, PSD, PSDB e PRTB, e tem 51 candidatos a vereador.

Foto: Agora Laguna

Matéria publicada originalmente em 27 de setembro. Última atualização em 29/09/2020.