Eleições 2020: PSD tem nominata com quase 20 pré-candidatos, afirma presidente

Editoria de arte
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 336 visualizações,  4 views today

Essa será a terceira eleição disputada em Laguna pelo PSD. O partido existe no município há oito anos e atualmente tem um vereador e ocupa, pelo segundo mandato consecutivo, a cadeira de vice-prefeito da cidade.

Mesmo tendo perdido alguns nomes para outros partidos durante a janela partidária, o presidente pessedista Patrik Paulino garante que já há 19 pré-candidatos a vereador. “Não tenho dúvidas que teremos um bom desempenho na eleição. Temos condições de eleger até três vereadores”, prevê.

Para o presidente, há grandes chances de se manter a aliança governista com o MDB, mas ressalta que há correntes internas que defendem outros rumos para a legenda, inclusive arriscando lançar chapa pura em novembro, com prefeito e vice saindo das fileiras do PSD.

PSD já elegeu dois vice-prefeitos

Fundado em 2011 pelo ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro Gilberto Kassab, o PSD absorveu muitos nomes que faziam parte do Democratas (ex-PFL) e em Laguna não foi diferente. Tão logo o partido chegou à cidade na eleição seguinte conseguiu aglutinar políticos de várias legendas da cidade.

Na primeira eleição municipal disputada elegeu dois vereadores e uma vice-prefeita: Ivete Scopel, na chapa de Everaldo dos Santos (então no MDB). A chapa teve 16.669 votos e para o Legislativo, somando legenda, o PSD fez 2.308 votos totais.

Quatro anos depois manteve aliança com o MDB e elegeu Júlio Willemann vice-prefeito e apenas um vereador. Ao Executivo foram 10.250 votos e para a Câmara obteve 2315 votos.

Histórico de vereadores eleitos

2012: Orlando Rodrigues e Andrey Pestana

2016: Adilson Paulino