Eleições 2020: DEM retorna às disputas eleitorais em Laguna visando Executivo

Editoria de arte
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 412 visualizações,  12 views today

O Democratas disputou a última eleição em Laguna no ano de 2012. Oito anos depois, refundado na cidade e com novos objetivos, o partido volta a fazer parte de uma disputa eleitoral e desejando retornar ao Executivo, onde esteve na primeira metade dos anos 90 e por um curto tempo em 2004.

À frente da reorganização da sigla, o atual presidente municipal Rômulo Camilo detalha que o planejamento também passa pela vontade de eleger nomes ao Legislativo. “Queremos fazer um trabalho aqui, que nos outros partidos não conseguimos”, afirma.

O DEM tem uma pré-aliança com o Republicanos solidificada e definiu como pré-candidato à prefeitura o nome do vereador Peterson Crippa, egresso do Progressistas, que se filiou em março à legenda. A legenda atualmente tem dois edis na atual legislatura.

Partido ocupou prefeitura após deposição de prefeito eleito nos anos 90

O DEM disputou a primeira eleição ainda como PFL, nomenclatura abandonada em 2007. A estreia no cenário político foi em 1988 e começou elegendo Nazil Bento Junior, como o seu primeiro e único vereador naquela eleição e o mais votado do município.

Quatro anos depois, o partido integrou a coligação de Jorge Zanini (PDS), oferecendo Bento Junior vice. A chapa foi eleita, mas Zanini seria cassado dois anos depois e o vice assumiu, se tornando o primeiro pefelista prefeito em Laguna. Foram quatro vereadores eleitos.

Em 1996, apresentou chapa pura liderada por João Batista dos Santos, que ficou em segundo lugar na disputa pela prefeitura. Foram quatro vereadores eleitos.

Já em 2000, o PFL ofereceu João Batista como vice de João Gualberto Pereira que tentava a reeleição pelo PPB, mas não foi eleito. O partido fez dois vereadores.

Quatro anos depois, em chapa formada apenas por pefelistas, mas apoiada por outros três partidos, a sigla lançou Adilcio Cadorin como candidato à reeleição, mas ele não se elegeu. O PFL fez três vereadores.

Em 2008, fez apenas um vereador. O DEM estreou sua nova marca apoiando Julio Willemann como candidato a prefeito em coligação com o PDT, mas não foi eleito.

Na última eleição, lançou Antônio César da Silva Laureano como prefeito, também coligado com o PDT. A chapa ao Executivo foi impugnada e o partido não elegeu vereadores.

Histórico de vereadores eleitos

1988: Nazil Bento Junior

1992: João Batista dos Santos e Heriberto Barzan, José Martins das Neves e Marcos Faria Ferreira.

1996: Hugo Bittencourt, Orlando Rodrigues, Acácio Mendes, José Martins das Neves e Nelson Gomes Mattos.

2000: Orlando Rodrigues e Nazil Bento Junior.

2004: João Batista dos Santos, Orlando Rodrigues e Ronaldo Kfouri.

2008: Orlando Rodrigues.

Notícias relacionadas