Divulgação/CMPB

A Câmara Municipal de Vereadores de Pescaria Brava informou que o expediente interno e externo está suspenso até a próxima segunda-feira, 18, para que a higienização do prédio possa ser realizada na quarta-feira, 19. A decisão foi anunciada pelo presidente do Legislativo, Gilberto Neves e Silva (PDT) após o vereador Everardo Cardoso Martins (PSDB) ter testado positivo para coronavírus.

Martins foi diagnosticado com coronavírus na segunda-feira, 10, à tarde, e antes, havia participado de uma sessão extraordinária pela manhã no plenário do Legislativo. Os servidores da Câmara e os demais vereadores que tiveram contato com o peessedebista farão testes nesta terça-feira, 11.

Segundo a assessoria do Legislativo, os servidores que eventualmente testarem positivo cumprirão quarentena de 14 dias, independente da reabertura ou não das atividades do Poder Legislativo.

Desde o começo da pandemia, a cidade de Pescaria Brava já registrou 210 casos confirmados de coronavírus, sendo que 155 pacientes estão recuperados. Três moradores vieram a óbito em decorrência da doença.