Reprodução

O governo catarinense, através da Secretaria de Saúde atualizou nesta quarta-feira, 19, o mapa de avaliação do risco da Covid-19 no estado. De acordo com os dados, as regiões de Laguna, Extremo Sul, Grande Florianópolis e Alto Uruguai Catarinense passaram de gravíssimo para grave.

A avaliação visa orientar a regionalização e descentralização das ações relacionadas à contenção da pandemia em Santa Catarina, segundo o governo. Na última divulgação, em 12 de agosto, a Amurel havia entrado para o patamar gravíssimo, enquanto a região Oeste teve o papel inverso.

Atualmente estão na classificação gravíssima o Alto Vale do Itajaí, Alto Vale do Rio do Peixe, Carbonífera, Foz Do Rio Itajaí, Meio Oeste, Nordeste, Serra Catarinense e Xanxerê.

A Amurel tem até o momento 133 mortes em decorrência do novo coronavírus, sendo sete apenas em Laguna. Tubarão lidera o número de óbitos com 57. Uma reunião foi realizada nesta quarta para avaliar o atual cenário.

Os níveis de risco são calculados a partir da combinação de oito indicadores em quatro dimensões de prioridade de atuação local, que são isolamento social investigação, testagem e isolamento de casos, reorganização de fluxos assistenciais e ampliação de leitos.

Conforme o Risco Potencial para saúde de cada região, um conjunto de medidas é apresentado ao final. O monitoramento é semanal, e a divulgação da classificação das regiões ocorre às quartas-feiras.

Em SC

De acordo com o mais recente boletim informativo desta terça-feira, 18, Santa Catarina tinha registrado 124.313 casos confirmados de Covid-19, dos quais 112.349 estão recuperados e 10.081 permanecem em acompanhamento.

Desde o início da pandemia, 1.883 óbitos foram causados pelo coronavírus. Esses números colocam a taxa de letalidade em 1,51%.

A maior quantidade de pacientes com Covid-19 está em Joinville, que registra 10.428 casos, seguida por Blumenau (7.393), Balneário Camboriú (5.290), Florianópolis (5.071), Chapecó (4.841), Itajaí (4.369), Criciúma (4.040), Brusque (3.732), São José (3.558) e Palhoça (3.425).

Há 1.479 leitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o estado, dos quais 1.112 estão ocupados, sendo 477 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. A taxa de ocupação geral é de 75,2% e há 367 leitos livres atualmente.